Seet
Sobral – 300×100

Você já fez o seu ajuste fiscal?

admin -

<span style="font-size:14px;">Desde que a nova equipe econ&ocirc;mica do governo Dilma assumiu seu posto, o termo &ldquo;ajuste fiscal&rdquo; est&aacute; presente diuturnamente na imprensa. Quer seja nos jornais, r&aacute;dio, ou televis&atilde;o, a express&atilde;o passou a fazer parte de quase todos os notici&aacute;rios. E n&atilde;o &eacute; para menos.<br />
<br />
Com um governo que gasta mais do que arrecada, o Brasil parou de fazer a poupan&ccedil;a necess&aacute;ria para pagar os juros da d&iacute;vida &ndash; super&aacute;vit prim&aacute;rio &ndash; e come&ccedil;ou a ter d&eacute;ficits fiscais. Em bom portugu&ecirc;s: &ldquo;a conta n&atilde;o est&aacute; fechando&rdquo;.<br />
<br />
Para solucionar esse problema, o ministro Levy foi empossado com a dif&iacute;cil miss&atilde;o de colocar o pa&iacute;s de volta nos eixos. Leia-se: arrecadar mais e gastar menos. Uma tarefa que, at&eacute; o presente momento, ele n&atilde;o tem obtido &ecirc;xito ao executar. Se o ministro ir&aacute; obter sucesso na sua empreitada s&oacute; o futuro dir&aacute;.<br />
<br />
Apesar de todas as dificuldades pelas quais temos passado ultimamente &ndash; desemprego, taxa de juros e infla&ccedil;&atilde;o em alta, al&eacute;m da recess&atilde;o econ&ocirc;mica &ndash; o momento atual pelo qual passa o Brasil tr&aacute;s um aspecto positivo: levar-nos a reflex&atilde;o.<br />
<br />
Passamos a refletir sobre o que precisa mudar no pa&iacute;s, o que &eacute; &oacute;timo. O senso c&iacute;vico e esse esp&iacute;rito patri&oacute;tico s&atilde;o fundamentais para crescermos enquanto na&ccedil;&atilde;o. Mas ser&aacute; que temos refletido sobre a nossa pr&oacute;pria vida? Ser&aacute; que temos parado para pensar sobre a nossa realidade e o que podemos fazer para melhorarmos a nossa situa&ccedil;&atilde;o financeira?<br />
<br />
N&atilde;o s&atilde;o somente as na&ccedil;&otilde;es que precisam fazer seus ajustes fiscais. Caso queiramos ter um futuro financeiro pr&oacute;spero, n&oacute;s tamb&eacute;m precisamos tratar de fazer logo o nosso. Se n&atilde;o existe receita para o sucesso financeiro, certamente existe receita para o fracasso: gastar mais do que se ganha.<br />
<br />
Quer seja no cotidiano de pa&iacute;ses, empresas ou pessoas, em se tratando de finan&ccedil;as, as coisas acontecem de forma muito simples. Se suas despesas s&atilde;o superiores &agrave;s receitas, voc&ecirc; ter&aacute; que se endividar para &ldquo;fechar a conta&rdquo;. Quem se endivida paga juros e quem paga juros tem cada vez menos dinheiro para conseguir arcar com seus compromissos, o que chamamos de ciclo vicioso.<br />
<br />
Por outro lado, quem gasta menos do que ganha sempre tem dinheiro sobrando. E quem consegue poupar tem condi&ccedil;&otilde;es de investir. Quem investe recebe juros pelo capital investido e dessa forma ter&aacute; sempre mais dinheiro dispon&iacute;vel, ou seja, o ciclo virtuoso.<br />
<br />
Fazer nosso ajuste fiscal nada mais &eacute; do que reduzir&nbsp; as despesas desnecess&aacute;rias, de modo que possamos reduzir nossos custos, n&atilde;o apenas para fazer &ldquo;a conta fechar&rdquo; no fim do m&ecirc;s, mas sim para termos recursos suficientes para poupar e investir para nosso futuro.<br />
<br />
A &uacute;nica certeza que temos sobre o futuro &eacute; que ele &eacute; incerto. Entretanto, fazer a nossa li&ccedil;&atilde;o de casa &eacute; uma das melhores maneiras de aumentarmos nossa chance de sucesso. Se voc&ecirc; almeja atingir seus objetivos financeiros a m&eacute;dio e longo prazo, &eacute; preciso come&ccedil;ar a agir agora &ndash; no curto prazo &ndash; para tornar suas conquistas poss&iacute;veis.<br />
<br />
Espero, sinceramente, que o ministro Levy obtenha &ecirc;xito na sua tarefa e consiga colocar o Brasil nos trilhos. Enquanto isso n&atilde;o acontece, cabe a cada um de n&oacute;s fazer a nossa parte e ajustar as nossas pr&oacute;prias finan&ccedil;as.<br />
<br />
<br />
<u>Samuel Magalh&atilde;es</u> &eacute; Consultor Financeiro, Palestrante, fundador do Portal www.invistafacil.com e do instagram @oinvestidor.</span>

Comentários pelo Facebook: