Sobral – 300×100
Seet

Deputado Olyntho Neto teme que pacote "anticrise" prejudique o desenvolvimento do Tocantins

admin -

<span style="font-size:14px;"><u>Da Reda&ccedil;&atilde;o</u><br />
<em>AF Not&iacute;cias</em><br />
<br />
O deputado Olyntho Neto (PSDB) usou a tribuna do Plen&aacute;rio e alertou sobre os riscos para o&nbsp; desenvolvimento do Estado, caso haja aumento das al&iacute;quotas de impostos, redu&ccedil;&atilde;o e fim de isen&ccedil;&otilde;es , como est&aacute; previsto pelo Executivo no pacote anunciado contra a crise econ&ocirc;mica no Estado.<br />
<br />
Olyntho teme que, al&eacute;m da classe trabalhadora, alguns setores empresariais n&atilde;o suportem uma carga tribut&aacute;ria maior que a atual e tamb&eacute;m que as medidas previstas no pacote do Governo, impe&ccedil;am o desenvolvimento e a instala&ccedil;&atilde;o de ind&uacute;strias no Tocantins.<br />
<br />
<em>&ldquo;Estamos aguardando que as medidas anunciadas &agrave; imprensa cheguem a esta Casa para uma ampla discuss&atilde;o com a sociedade. Proponho que chamemos representantes do Governo e as entidades representativas de todos os segmentos para ouvir suas opini&otilde;es e anseios&rdquo;</em>, disse Olyntho manifestando sua preocupa&ccedil;&atilde;o com o impacto das medidas, principalmente no setor produtivo.<br />
<br />
Olyntho teme que com as novas regras, al&eacute;m de n&atilde;o haver incentivo para a instala&ccedil;&atilde;o de novas ind&uacute;strias, o Estado ainda perca as j&aacute; existentes.&nbsp; O Deputado explicou que o setor produtivo, principalmente as micro e pequenas empresas, n&atilde;o suportar&atilde;o medidas como aumento de impostos e redu&ccedil;&atilde;o de incentivos fiscais e o Tocantins n&atilde;o passar&aacute; de Estado produtor de mat&eacute;ria prima. &ldquo;N&oacute;s precisamos incentivar investimentos aqui no Tocantins. Sem nos preocupar com isso, n&oacute;s regrediremos e seremos um Estado meramente produtor, sem agregar valor ao nosso produto, e , por fim, sem desenvolvimento econ&ocirc;mico&rdquo;, alertou Olyntho.<br />
<br />
&ldquo;O setor produtivo &eacute; o que mais me preocupa. Sei que temos como encontrar medidas que contenham a crise, mas sem colocar em risco o setor empresarial. Lembro medidas tomadas em Goi&aacute;s, por exemplo, e que tornou o Estado industrializado, garantindo o seu desenvolvimento s&oacute;cio-econ&ocirc;mico&rdquo;, afirmou o Deputado.<br />
(Ascom Olyntho Neto)</span>

Comentários pelo Facebook: