Sobral – 300×100
Seet

Obras de recuperação da cratera no setor Tereza Hilário avançam

admin -

<div style="text-align: justify;">
<span style="font-size: 14px;">As equipes da Secretaria de Infraestrutura j&aacute; finalizaram a instala&ccedil;&atilde;o de uma tubula&ccedil;&atilde;o de um metro e meio de di&acirc;metro e 28 metros de extens&atilde;o na cratera do setor Tereza Hil&aacute;rio Ribeiro. De acordo com o secret&aacute;rio de Infraestrutura, Sim&atilde;o Moura F&eacute;, outras tr&ecirc;s galerias &ndash; uma de um metro de di&acirc;metro e mais duas de sessenta cent&iacute;metros de di&acirc;metro &ndash; devem compor o sistema de drenagem profunda, j&aacute; em processo de execu&ccedil;&atilde;o. &ldquo;O fluxo de &aacute;gua na regi&atilde;o &eacute; muito grande, por isso acredito estas tubula&ccedil;&otilde;es v&atilde;o ser fundamentais para evitar inunda&ccedil;&otilde;es&rdquo;, afirma Sim&atilde;o.</span><br />
<br />
<span style="font-size:14px;">Os moradores do setor est&atilde;o satisfeitos com o avan&ccedil;o das obras. <em>&ldquo;Eu tinha certeza que o prefeito iria olhar por n&oacute;s. E esta obra tem que levar o tempo que for pra ficar bem feita&rdquo;</em>, afirmou o senhor Ant&ocirc;nio Alves. Raimundo Pereira, auxiliar de servi&ccedil;os gerais, tamb&eacute;m aprovou a rapidez da iniciativa da prefeitura. <em>&ldquo;Eu achava que esta obra iria demorar mais. Estou muito feliz com o que estou vendo aqui. O setor vai melhorar muito com isso&rdquo;</em>, afirmou Raimundo.<br />
<br />
As obras j&aacute; est&atilde;o em est&aacute;gio avan&ccedil;ado e ainda v&atilde;o incluir um sistema de drenagem superficial, composto pelo canal de gabi&atilde;o – estrutura de pedras e telas de arame que tem a fun&ccedil;&atilde;o de conter as encostas e encaminhar a &aacute;gua das chuvas &ndash;, que est&aacute; em fase de aquisi&ccedil;&atilde;o de materiais. Toda a &aacute;gua escoada pelas galerias cai no canal de gabi&atilde;o e &eacute; encaminhada para os c&oacute;rregos da regi&atilde;o. Os projetos definitivos da obra j&aacute; est&atilde;o prontos e em condi&ccedil;&otilde;es normais de trabalho, sem excesso de chuva, a obra deve ser conclu&iacute;da em 60 dias. (Ascom)</span></div>

Comentários pelo Facebook: