Seet
Sobral – 300×100

Empresários propõem formar consórcio para dar continuidade às obras de duplicação da BR-153 entre Goiás e Tocantins

admin -

<span style="font-size:14px;">A ministra da Agricultura, senadora K&aacute;tia Abreu e o ministro dos Transportes, Ant&ocirc;nio Carlos Rodrigues, reuniram-se&nbsp; na quarta (2) no pr&eacute;dio do Minist&eacute;rio da Agricultura com um grupo de empres&aacute;rios goianos e tocantinenses interessados em dar continuidade &agrave;s obras de duplica&ccedil;&atilde;o da rodovia BR-153 (Bel&eacute;m-Bras&iacute;lia), trecho An&aacute;polis/GO-Alian&ccedil;a do Tocantins-TO. Da reuni&atilde;o participou ainda o presidente da&nbsp; Ag&ecirc;ncia Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), Jorge Luiz Macedo&nbsp; Bastos. As obras est&atilde;o paralisadas.<br />
<br />
Os empres&aacute;rios tem interesse em formar um cons&oacute;rcio e propor ao governo federal continuar as obras paralisadas pela Queiroz Galv&atilde;o, vencedora da licita&ccedil;&atilde;o, e que apresenta dificuldades para a sua execu&ccedil;&atilde;o, em fun&ccedil;&atilde;o das investiga&ccedil;&otilde;es da Opera&ccedil;&atilde;o Lava-Jato. Com a investiga&ccedil;&atilde;o, a empresa tem dificuldades porque as deb&ecirc;ntures venceram e n&atilde;o conseguiria pass&aacute;-las adiante.<br />
<br />
Para a ministra K&aacute;tia Abreu &eacute; importante que as obras recomecem por isto tem buscado a participa&ccedil;&atilde;o de empres&aacute;rios interessados em continu&aacute;-las por sua import&acirc;ncia, tanto para Goi&aacute;s como para o Tocantins. &ldquo;<em>O governo tem interesse em ajudar a formar este cons&oacute;rcio para que as obras sejam retomadas, tudo conforme permitido pela legisla&ccedil;&atilde;o&rdquo;, falou a Ministra. &ldquo;Se for com empres&aacute;rios do Tocantins e de Goi&aacute;s, melhor ainda&rdquo;</em>, disse K&aacute;tia.</span>

Comentários pelo Facebook: