Sobral – 300×100
Seet

Comissão para fiscalizar atendimentos nos hospitais de Araguaína, Gurupi e Palmas é proposta por Elenil

admin -

<span style="font-size:14px;">O deputado estadual Elenil da Penha (PMDB), solicitou que a Secretaria de Sa&uacute;de do Tocantins nomeie uma comiss&atilde;o para acompanhar de perto e fiscalizar os atendimentos nos hospitais gerais de Aragua&iacute;na e Gurupi e no Hospital Geral de Palmas. Segundo o parlamentar, as informa&ccedil;&otilde;es reunidas por este grupo de trabalho seriam usadas para orientar as a&ccedil;&otilde;es da Sesau no sentido de resolver ou amenizar, os s&eacute;rios problemas enfrentados por pacientes na rede p&uacute;blica de sa&uacute;de do estado.<br />
<br />
&ldquo;<em>Os problemas s&atilde;o, geralmente, os mesmos nestes hospitais: falta de medicamentos e insumos, demora nos atendimentos e na realiza&ccedil;&atilde;o de cirurgias, equipamentos quebrados e estrutura prec&aacute;ria. S&atilde;o falhas que n&oacute;s, deputados, temos constatado atrav&eacute;s de visitas e por meio de depoimentos de pacientes e servidores. N&atilde;o &eacute; feito um acompanhamento mais aprofundado destas defici&ecirc;ncias e, com isso, apesar de elas serem conhecidas, n&atilde;o h&aacute; um planejamento de a&ccedil;&otilde;es eficiente para super&aacute;-las. A comiss&atilde;o que eu proponho ficaria respons&aacute;vel por realizar este levantamento e teria legitimidade para, al&eacute;m de avaliar e propor solu&ccedil;&otilde;es, tomar as provid&ecirc;ncias necess&aacute;rias para resolver as demandas</em>&rdquo;, afirmou Elenil.<br />
<br />
O deputado explica que a equipe seria formada por servidores da pr&oacute;pria Sesau e, depois da conclus&atilde;o da primeira etapa nos maiores hospitais, o trabalho poderia ser levado para outras unidades. &ldquo;<em>Em um primeiro momento, a comiss&atilde;o iria vistoriar a situa&ccedil;&atilde;o dos hospitais gerais de Aragua&iacute;na e Gurupi e do Hospital Geral de Palmas. A execu&ccedil;&atilde;o de servi&ccedil;os terceirizados seria supervisionada. Pacientes, profissionais da sa&uacute;de e comunidade seriam ouvidos. Conclu&iacute;da essa fase e desenvolvidas as a&ccedil;&otilde;es iniciais, o grupo poderia ser direcionado para unidades de sa&uacute;de em outras cidades populosas, como Porto Nacional, Para&iacute;so, Araguatins e Colinas</em>&rdquo;, argumentou.<br />
<br />
A proposta de criar uma comiss&atilde;o para fiscalizar os atendimentos nos maiores hospitais do Tocantins consta de um requerimento apresentado por Elenil na Assembleia Legislativa (AL). &ldquo;<em>Durante uma reuni&atilde;o na Sesau, eu apresentei esta ideia ao secret&aacute;rio Samuel Bonilha e, agora, refor&ccedil;o a minha solicita&ccedil;&atilde;o atrav&eacute;s de um requerimento, que, depois de aprovado na Casa, ser&aacute; encaminhado &agrave; Secretaria de Sa&uacute;de. Espero que a proposta seja analisada o quanto antes e que a popula&ccedil;&atilde;o tocantinense possa contar ainda este ano com o importante papel que ser&aacute; desempenhado por esta comiss&atilde;o</em>&rdquo;, concluiu o deputado.</span>

Comentários pelo Facebook: