Sobral – 300×100
Seet

Comitê Gestor da Saúde apresenta relatório das visitas realizadas nos principais hospitais do Estado

admin -

<span style="font-size:14px;">O Comit&ecirc; Gestor Interinstitucional para o acompanhamento das a&ccedil;&otilde;es da Sa&uacute;de no Estado do Tocantins, presidido pela deputada estadual Valderez Castelo Branco (PP-TO), se reuniu na &uacute;ltima semana para apresentar o relat&oacute;rio das visitas in loco realizadas nos principais hospitais do Estado.<br />
<br />
Os dados apresentados foram os obtidos pelo Comit&ecirc; nas vistorias feitas no Hospital Geral P&uacute;blico de Palmas (HGPP), Hospital Regional de Gurupi (HRG) e Hospital Regional de Aragua&iacute;na (HRA), respectivamente, nos dias 07 de agosto de 2015, 24 de agosto de 2015 e 28 de agosto de 2015.<br />
<br />
Durante a apresenta&ccedil;&atilde;o do relat&oacute;rio, Valderez agradeceu a participa&ccedil;&atilde;o de todos durante as visitas e destacou que a uni&atilde;o dos &oacute;rg&atilde;os representativos do Estado, com o intuito de buscar melhorias para a &aacute;rea da sa&uacute;de no Tocantins, &eacute; uma iniciativa que busca al&eacute;m de tudo a melhoria na qualidade do atendimento hospitalar para o tocantinense.<br />
<br />
<em>&ldquo;&Eacute; importante ter este trabalho, ter organizado todos os dados obtidos em um &uacute;nico relat&oacute;rio. Ele foi constru&iacute;do para ajudar, para colaborar com a gest&atilde;o da Sa&uacute;de do nosso Estado. O crime de omiss&atilde;o n&atilde;o tem perd&atilde;o, e n&oacute;s visitamos os hospitais para detectar e relatar os problemas encontrados para que eles possam ser resolvidos</em>&rdquo;, afirmou.<br />
<br />
Ainda durante a apresenta&ccedil;&atilde;o do relat&oacute;rio foram deliberadas mais sugest&otilde;es pelos membros que estavam presentes. Ap&oacute;s a apresenta&ccedil;&atilde;o de todas as sugest&otilde;es, com todas as propostas colocadas na discuss&atilde;o do Comit&ecirc;, Valderez afirmou que o relat&oacute;rio ser&aacute; finalizado e entregue para cada um dos membros, para o secret&aacute;rio de Sa&uacute;de e para os representantes dos &oacute;rg&atilde;os fiscalizadores e representativos.<br />
<br />
<em>&ldquo;Como deputada estadual me proponho a ajudar da forma que for poss&iacute;vel. J&aacute; na gest&atilde;o da sa&uacute;de, vejo o secret&aacute;rio Samuel Bonilha como um homem comprometido com o seu papel. Todos juntos, Justi&ccedil;a, Legislativo e Executivo, podem contribuir para solucionar os problemas que foram encontrados e, desta forma, transformar o nosso Estado em refer&ecirc;ncia na Sa&uacute;de. &Eacute; preciso a uni&atilde;o de todos para isso&rdquo;</em>, completou Valderez.<br />
<br />
<strong><u>Justi&ccedil;a Federal e MPE</u></strong><br />
<br />
A ju&iacute;za federal e membro do Conselho Nacional de Justi&ccedil;a (CNJ), por meio do Comit&ecirc; Executivo Para Monitoramento das A&ccedil;&otilde;es da Sa&uacute;de do Tocantins (Cemas-TO), Denise Dias Dutra Drumond, tamb&eacute;m faz parte do Comit&ecirc; Gestor da Sa&uacute;de. Em sua fala durante a apresenta&ccedil;&atilde;o do relat&oacute;rio das visitas aos hospitais, ela destacou que o grupo deve prosseguir com o trabalho que vem sendo desenvolvido, a partir do diagn&oacute;stico apresentado. &ldquo;<em>Agora temos que buscar a elabora&ccedil;&atilde;o de um documento que ir&aacute; sugerir medidas que possam de fato auxiliar na Gest&atilde;o e na presta&ccedil;&atilde;o da Sa&uacute;de no Estado&rdquo;</em>, disse.<br />
<br />
J&aacute; a promotora do Minist&eacute;rio P&uacute;blico Estadual (MPE), Maria Roseli de Almeida Pery, que tamb&eacute;m &eacute; membro efetivo do Comit&ecirc;, ressaltou que a interven&ccedil;&atilde;o por meio das sugest&otilde;es realizadas durante as visitas foram importantes para fortalecer n&atilde;o s&oacute; a rede de urg&ecirc;ncia e emerg&ecirc;ncia dos hospitais, mas tamb&eacute;m a &aacute;rea da aten&ccedil;&atilde;o b&aacute;sica. &ldquo;<em>O comit&ecirc; obteve &ecirc;xito em seus trabalhos na medida em que buscou observar todas as &aacute;reas que envolvem a gest&atilde;o, n&atilde;o s&oacute; a hospitalar, como por exemplo, os problemas de superlota&ccedil;&atilde;o, mas tamb&eacute;m o que est&aacute; causando este problema&rdquo;,</em> declarou.<br />
<br />
Participaram da apresenta&ccedil;&atilde;o do relat&oacute;rio o deputado estadual Paulo Mour&atilde;o (PMDB), o defensor p&uacute;blico Arthur Luiz P&aacute;dua Marques, a Superintendente de Pol&iacute;ticas de Aten&ccedil;&atilde;o &agrave; Sa&uacute;de Maria Gleyd Brito Chianca Silva, a Superintendente de Administra&ccedil;&atilde;o e Log&iacute;stica Especializada Adriana Victor F. Lopes e a diretora de Instrumentos de Planejamento para Gest&atilde;o do Sistema &Uacute;nico de Sa&uacute;de (SUS), Misia Saldanha Figueiredo<br />
<br />
<strong><u>Demais membros</u></strong><br />
<br />
Tamb&eacute;m fazem parte do Comit&ecirc; o deputado estadual Olyntho Neto (PSDB), o defensor p&uacute;blico Cleiton Martins da Silva, a promotora do Minist&eacute;rio P&uacute;blico Estadual Ceres Gonzaga de Rezende Caminha, os procuradores do Minist&eacute;rio P&uacute;blico Federal Fernando Antonio Alves de Oliveira Junior e Renata Ribeiro Baptista, a Superintendente de Planejamento do SUS Luiza Regina Nol&ecirc;to, a diretora de Aten&ccedil;&atilde;o Especializada Margareth Santos Amorim, a diretora de Controle, Regula&ccedil;&atilde;o, Avalia&ccedil;&atilde;o e Auditoria Ludmila Nunes Moreira e o diretor Hospitalar Afonso Piva Santana.</span>

Comentários pelo Facebook: