Sobral – 300×100
Seet

Elenil pede desarquivamento do importante projeto que cria a região metropolitana de Araguaína

admin -

<span style="font-size:14px;">O deputado estadual Elenil da Penha (PMDB-TO) solicitou ao governador Marcelo Miranda (PMDB), o desarquivamento do Projeto de Lei Complementar n&ordm; 8/2013, que cria a regi&atilde;o metropolitana de Aragua&iacute;na. A proposta busca ampliar investimentos a partir da a&ccedil;&atilde;o integrada de 17 munic&iacute;pios.<br />
<br />
&ldquo;<em>O objetivo &eacute; promover o desenvolvimento regional atrav&eacute;s da coopera&ccedil;&atilde;o entre diferentes n&iacute;veis de governo, com a descentraliza&ccedil;&atilde;o de seus &oacute;rg&atilde;os e a execu&ccedil;&atilde;o de pol&iacute;ticas p&uacute;blicas de interesse comum dos munic&iacute;pios envolvidos, especialmente na &aacute;rea de transporte, sa&uacute;de, meio ambiente e comunica&ccedil;&otilde;e</em>s&rdquo;, explicou o parlamentar.<br />
<br />
Para Elenil, &eacute; importante que a Assembleia Legislativa (AL) retome, o quanto antes, as discuss&otilde;es sobre o assunto, garantindo a participa&ccedil;&atilde;o popular nos debates e abrindo espa&ccedil;o para a manifesta&ccedil;&atilde;o dos prefeitos e vereadores das cidades abrangidas pelo projeto. &ldquo;<em>Essa &eacute; uma proposta de extrema relev&acirc;ncia para o Tocantins. Como &eacute; de autoria do governo, cabe ao estado decidir pela sua retomada e estou certo de que ele o far&aacute;. Desarquivado, o projeto voltar&aacute; a tramitar na Assembleia e, quando isso acontecer, convocaremos a sociedade para discuti-lo junto conosco</em>&rdquo;, afirmou o deputado.<br />
<br />
De acordo com o projeto, a &aacute;rea metropolitana de Aragua&iacute;na ser&aacute; integrada pelos seguintes munic&iacute;pios: Aragua&iacute;na, Aragominas, Araguan&atilde;, Arapoema, Baba&ccedil;ul&acirc;ndia, Bandeirantes, Bernardo Say&atilde;o, Carmol&acirc;ndia, Filad&eacute;lfia, Muricil&acirc;ndia, Nova Olinda, Palmeirante, Pau D&rsquo;Arco, Piraqu&ecirc;, Santa F&eacute; do Araguaia, Wanderl&acirc;ndia e Xambio&aacute;. <em>&ldquo;O Brasil est&aacute; em crise, o Tocantins tamb&eacute;m enfrenta dificuldades e &eacute; quando elas aparecem, que percebemos a import&acirc;ncia de unir for&ccedil;as para super&aacute;-las. A regi&atilde;o metropolitana de Aragua&iacute;na vem ao encontro dessa necessidade, de buscar o progresso atrav&eacute;s do esfor&ccedil;o coletivo</em>&rdquo;, finalizou Elenil.</span>

Comentários pelo Facebook: