Seet
Sobral – 300×100

Pacote de obras no valor de R$ 11,7 mi vai beneficiar sete bairros; Dimas critica "asfalto sonrisal"

admin -

<span style="font-size:14px;">O prefeito Ronaldo Dimas assinou nesta quarta-feira (16) a ordem de servi&ccedil;o para in&iacute;cio das obras de drenagem, asfalto em CBUQ e cal&ccedil;adas do Setor Oeste, que se estendem tamb&eacute;m aos setores S&atilde;o Miguel, Martim Jorge, Jardim das Palmeiras do Norte, Aerovi&aacute;rio, JK e Jardim Esplanada.<br />
<br />
O in&iacute;cio dos trabalhos aconteceu na Rua Tomas Batista, no Setor Oeste, com a presen&ccedil;a de autoridades municipais e a comunidade em geral da &aacute;rea de abrang&ecirc;ncia, que segue do C&oacute;rrego Martim Jorge, que passa atr&aacute;s da Associa&ccedil;&atilde;o de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE), at&eacute; a BR-153, na regi&atilde;o oeste da cidade.<br />
<br />
Apesar da assinatura da Ordem de Servi&ccedil;o ter sido hoje, as obras iniciaram na semana passada e o cronograma de pavimenta&ccedil;&atilde;o, drenagem e cal&ccedil;adas est&aacute; subdividido em seis fases, que devem durar at&eacute; seis meses. Os trabalhos da rede de drenagem iniciaram pr&oacute;ximo &agrave; rotat&oacute;ria do ITPAC, nas Ruas Tomas Batista e 17 de Janeiro, onde deve ser feito tamb&eacute;m &ldquo;po&ccedil;os de visitas&rdquo;, para minimizar as enchentes na &aacute;rea. Na &uacute;ltima semana, Dimas esteve no local a fim de alinhar o projeto da obra com os engenheiros da construtora licitada.<br />
<br />
<strong><u>Retrabalho da irresponsabilidade com dinheiro p&uacute;blico</u></strong><br />
<br />
Em seu discurso, o prefeito Ronaldo Dimas disse que em todo o sistema de drenagem do bairro ser&atilde;o implantados tubos de PEAD, que s&atilde;o mais resistentes e tem uma durabilidade de quase cem anos. <em>&ldquo;A drenagem nos bairros deve chegar a 7 km, j&aacute; a pavimenta&ccedil;&atilde;o asf&aacute;ltica deve atingir um total de 20 km&rdquo;</em>, informou o gestor.<br />
<br />
Em seguida, destacando o planejamento e a responsabilidade com Aragua&iacute;na, Dimas falou em trabalho de qualidade e afirmou que vai acabar de vez com o &lsquo;asfalto sonrisal&rsquo;, comuns nas gest&otilde;es passadas. <em>&ldquo;Estamos fazendo um retrabalho da irresponsabilidade com o dinheiro p&uacute;blico. Se tivessem feito com qualidade, n&atilde;o ter&iacute;amos esses gastos t&atilde;o vultosos como os de agora e esses recursos estariam sendo aplicados em outras obras, n&atilde;o precisando voltar para consertar o que fizeram no passado. Neste setor, os recursos antes aplicados, eu tive a oportunidade no passado de destinar verbas quando ainda era deputado federal, e me d&oacute;i muito ver que foram mal aplicadas</em>&rdquo;, revelou o prefeito.<br />
<br />
<strong><u>Obras ser&atilde;o de qualidade&nbsp;</u></strong><br />
<br />
Durante sua fala, o prefeito pediu a compreens&atilde;o da popula&ccedil;&atilde;o, assegurou que agora s&atilde;o servi&ccedil;os definitivos, bem como agradeceu os apoios do senador Vicentinho Alves e da C&acirc;mara Municipal da cidade. <em>&ldquo;As obras iniciam esse ano e em 2016 os servi&ccedil;os, agora de qualidade, ser&atilde;o integralmente conclu&iacute;dos&rdquo;</em>, ratificou. Por fim, Dimas conversou com a popula&ccedil;&atilde;o, cumprimentou os funcion&aacute;rios da empresa licitada, analisou novamente a &aacute;rea e andou sobre os tubos de drenagem, implantados esta semana na Rua 17 de Janeiro acompanhando os trabalhos.<br />
<br />
Conforme Dimas, essa primeira etapa, de drenagem, ter&aacute; tr&ecirc;s linhas de atua&ccedil;&atilde;o. Ser&atilde;o feitos nas ruas dos bairros trabalhos de recapeamento, reconstru&ccedil;&atilde;o e pavimenta&ccedil;&atilde;o em CBUQ, al&eacute;m do sistema de drenagem.<br />
<br />
Para o presidente de bairro do Setor Oeste, Manoel Gomes, o MG, as obras v&ecirc;m em boa hora, j&aacute; que o bairro, segundo ele, estava abandonado. <em>&ldquo;Estamos agradecidos ao prefeito por ter ouvido nossas reivindica&ccedil;&otilde;es, pois ruas como a 25 e a Avenida A n&atilde;o passam qualquer tipo de ve&iacute;culo. Agora essa realidade vai mudar&rdquo;</em>, afirmou.<br />
<br />
O representante do Jardim Esplanada, Ulisses Farias, o Rubens, apontou que a chegada das m&aacute;quinas representa desenvolvimento para uma regi&atilde;o que precisa de asfalto em poucas ruas, como a dos Can&aacute;rios, Gaivotas e Cam&eacute;lias, que nunca foram pavimentadas. <em>&ldquo;No inverno &eacute; lama e no ver&atilde;o &eacute; poeira. Assim, os comerciantes perdem clientes. Agora temos esperan&ccedil;a&rdquo;</em>, disse.<br />
<img alt="" src="http://www.afnoticias.com.br/administracao/files/images/pacote%20de%20obras1.jpg" style="width: 600px; height: 404px;" /><br />
<u><strong>Recursos</strong></u><br />
<br />
Os recursos para in&iacute;cio dos servi&ccedil;os na regi&atilde;o, or&ccedil;ados em R$ 11.784.021,35, foram garantidos atrav&eacute;s de financiamento pela Caixa Econ&ocirc;mica Federal, por meio do Fundo de Garantia do Tempo de Servi&ccedil;o (FGTS), e Minist&eacute;rio das Cidades, atrav&eacute;s do &lsquo;Programa Pr&oacute;-Transportes&rsquo;, com repasses no valor total de R$ 7.750.000,00. A obra conta tamb&eacute;m com contrapartida da Prefeitura no valor de R$ 4.034.021,35.</span>

Comentários pelo Facebook: