Sobral – 300×100
Seet

Escolas públicas do Tocantins concorrem a prêmios nacionais

admin -

<span style="font-size:14px;">Visando mobilizar as escolas estaduais para a realiza&ccedil;&atilde;o das inscri&ccedil;&otilde;es do pr&ecirc;mio Gest&atilde;o Escolar e para o Pr&ecirc;mio Professores do Brasil, al&eacute;m de conversar sobre o processo de avalia&ccedil;&atilde;o, est&aacute; acontecendo nesta sexta-feira (18) na sala de reuni&otilde;es da Secretaria de Estado da Educa&ccedil;&atilde;o, um encontro entre educadores do Tocantins. A reuni&atilde;o ser&aacute; realizada durante todo o dia e , com a participa&ccedil;&atilde;o de 50 pessoas, entre diretores regionais de Educa&ccedil;&atilde;o, membros dos Comit&ecirc;s Regionais e Estadual do Pr&ecirc;mio e representantes da Uni&atilde;o Nacional de Secret&aacute;rios Municipais de Educa&ccedil;&atilde;o (Undime).<br />
<br />
As escolas tocantinenses que ir&atilde;o participar do pr&ecirc;mio Professores do Brasil t&ecirc;m at&eacute; o dia 28 de setembro para registrar a inscri&ccedil;&atilde;o no sistema, no site <a href="http://www.premioprofessoresdobrasil.mec.gov.br">www.premioprofessoresdobrasil.mec.gov.br</a>.<br />
<br />
Na abertura da reuni&atilde;o, o superintendente de Desenvolvimento da Educa&ccedil;&atilde;o, Divino Mariosam, falou dos trabalhos que a Seduc Tocantins vem realizando neste ano, como o processo seletivo para diretores escolares, os estudos sobre a base curricular e os processos de avalia&ccedil;&atilde;o para os Pr&ecirc;mios Gest&atilde;o Escolar e Professores do Brasil. <em>&ldquo;Todas essas a&ccedil;&otilde;es melhoram muito a educa&ccedil;&atilde;o brasileira. A mudan&ccedil;a da base curricular &eacute; t&atilde;o importante que mudar&aacute; a educa&ccedil;&atilde;o no Brasil, os livros did&aacute;ticos e at&eacute; a estrutura das escolas</em>&rdquo;, comentou.<br />
<br />
A diretora de Gest&atilde;o Escolar, Valdete Pagani, lembrou que nas unidades escolares do Estado est&atilde;o sendo realizadas muitas a&ccedil;&otilde;es positivas e por isso &eacute; necess&aacute;rio divulgar e participar do pr&ecirc;mio.<br />
<br />
Luciene Alves Pereira, coordenadora do programa Educadores do Brasil no Tocantins, ressaltou que, nos &uacute;ltimos tr&ecirc;s anos, o Estado sempre ficou em 1&ordm; lugar em n&uacute;mero de inscri&ccedil;&otilde;es. Ela frisou a import&acirc;ncia das visitas in loco e dos membros das comiss&otilde;es conhecerem as escolas participantes. &ldquo;<em>O Tocantins est&aacute; sendo refer&ecirc;ncia no trabalho realizado com os munic&iacute;pios nessa mobiliza&ccedil;&atilde;o e autoavalia&ccedil;&atilde;o das experi&ecirc;ncias das escolas, tendo para isso a parceria da Undime&rdquo;</em>, contou.<br />
<br />
Para participar dos pr&ecirc;mios, as escolas t&ecirc;m que observar a gest&atilde;o pedag&oacute;gica tendo como foco a an&aacute;lise de resultados, o planejamento, a administra&ccedil;&atilde;o de servi&ccedil;os, os programas e os &iacute;ndices de aprendizagens.<br />
<br />
O diretor de Educa&ccedil;&atilde;o de Miracema, Ant&ocirc;nio Guedes Ribeiro, contou que na regional utilizou os diversos meios de comunica&ccedil;&atilde;o para mobilizar as escolas, como WhatsApp e comunicado nas reuni&otilde;es. A DRE de Miracema conta com seis munic&iacute;pios, 16 escolas estaduais e 32 ind&iacute;genas. &ldquo;<em>O que repassamos para as escolas &eacute; a import&acirc;ncia da autoavalia&ccedil;&atilde;o para se conhecerem, observarem o que precisam melhorar</em>&rdquo;, disse.<br />
<br />
O Pr&ecirc;mio Professores do Brasil &eacute; uma iniciativa do Minist&eacute;rio da Educa&ccedil;&atilde;o e est&aacute; na 9&ordf; edi&ccedil;&atilde;o. O objetivo &eacute; reconhecer, divulgar e premiar o trabalho dos professores de escolas p&uacute;blicas.</span>

Comentários pelo Facebook: