Seet
Sobral – 300×100

Trabalhadores do Sistema S no Tocantins fazem manifesto contra corte de 30% nos recursos

admin -

<span style="font-size:14px;">Trabalhadores das entidades que comp&otilde;em o Sistema S no Tocantins, a exemplo do que vem ocorrendo em outros estados, repudiam a medida anunciada pelo Governo Federal que prev&ecirc;, entre outras coisas, a apropria&ccedil;&atilde;o de 30% do valor arrecadado por meio de contribui&ccedil;&atilde;o compuls&oacute;ria destinada ao Sistema. Os trabalhadores das unidades SESI e SENAI de Gurupi e Aragua&iacute;na tamb&eacute;m forma convidados a realizar a mobiliza&ccedil;&atilde;o nas unidades dos munic&iacute;pios.<br />
<br />
Na ocasi&atilde;o, os colaboradores do Sistema S, composto por entidades como SESI, SESC, SENAI, SENAC, Sebrae, SESCOOP, SENAR, SEST e SENAT, estar&atilde;o vestidos de preto e far&atilde;o um abra&ccedil;o simb&oacute;lico no pr&eacute;dio do SESI Tocantins em sinal de protesto. Eles entendem que a medida que retira recursos do Sistema Ind&uacute;stria anunciada pela equipe econ&ocirc;mica do Governo Federal compromete o emprego e a renda da classe caso seja aprovada.<br />
<br />
O Sindicato dos Empregados em Entidades Culturais, Recreativas, de Assist&ecirc;ncia Social, de Orienta&ccedil;&atilde;o e Forma&ccedil;&atilde;o Profissional (Senalba), representantes dos trabalhadores do Sistema S, publicou nota onde afirma que os trabalhadores n&atilde;o podem ser penalizados por medida que mostra a m&aacute; f&eacute; diante da crise ao estabelecer solu&ccedil;&otilde;es ineficazes e que evitam cortes efetivos nas contas e gastos p&uacute;blicos.</span>

Comentários pelo Facebook: