Seet
Sobral – 300×100

Tocantins deve obedecer novas regras estabelecidas pelo Ministério da Agricultura para transporte de suínos

admin -

<span style="font-size:14px;">O Tocantins e mais os estados do Acre, Bahia, Distrito Federal, Esp&iacute;rito Santo, Goi&aacute;s, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Paran&aacute;, Rio de Janeiro, Rond&ocirc;nia, S&atilde;o Paulo, e Sergipe devem ficar atentos &agrave;s novas regras para o tr&acirc;nsito de su&iacute;nos no pa&iacute;s. A medida foi divulgada na &uacute;ltima segunda-feira (21) pelo Minist&eacute;rio da Agricultura, Pecu&aacute;ria e Abastecimento (Mapa) e faz parte das a&ccedil;&otilde;es de preven&ccedil;&atilde;o &agrave; peste su&iacute;na cl&aacute;ssica (PSC), no territ&oacute;rio brasileiro.<br />
<br />
De acordo com o Departamento de Sa&uacute;de Animal (DSA) do Mapa, n&atilde;o &eacute; permitida a entrada de carnes frescas com ou sem osso, de lingui&ccedil;as frescas, de produtos enformados como hamb&uacute;rguer e outros derivados de su&iacute;nos nessas unidades de federa&ccedil;&atilde;o.<br />
<br />
A entrada de produtos e subprodutos s&oacute; ser&aacute; permitida desde que estejam acompanhados de documento de Certificado de Inspe&ccedil;&atilde;o Sanit&aacute;ria modelo &quot;E&quot; (CIS-E), Documento de Transporte de Res&iacute;duos Animais, Guia de Tr&acirc;nsito de Produtos (GT) ou eventual documento que venham a substitu&iacute;-los e que sejam elaborados em estabelecimentos sob fiscaliza&ccedil;&atilde;o veterin&aacute;ria oficial ou que integrem o Sistema Brasileiro de Inspe&ccedil;&atilde;o de Produtos de Origem Animal (SISBI-POA)<br />
<br />
A entrada de material biol&oacute;gico ou agente infeccioso de origem su&iacute;na nessas unidades da Federa&ccedil;&atilde;o e regi&otilde;es, com a finalidade de pesquisa ou diagn&oacute;stico, ficar&aacute; condicionada &agrave; autoriza&ccedil;&atilde;o pr&eacute;via do Mapa, exceto quando encaminhado pelo Servi&ccedil;o Veterin&aacute;rio Oficial.<br />
<br />
De acordo com o Mapa, as novas regras est&atilde;o na Instru&ccedil;&atilde;o Normativa (IN) n&ordm; 27, publicada no Di&aacute;rio Oficial da Uni&atilde;o, da &uacute;ltima segunda-feira (21).</span>

Comentários pelo Facebook: