Seet
Sobral – 300×100

Luzimar Coelho leva demandas da segurança pública de Araguaína ao Comando Geral da PM e SSP

admin -

<span style="font-size:14px;"><u>Da Reda&ccedil;&atilde;o</u><br />
<em>Portal AF Not&iacute;cias</em><br />
<br />
O vereador Luzimar Coelho dos Santos (PRTB-TO) esteve em Palmas (TO) na semana passada para despachar pessoalmente com os gestores da seguran&ccedil;a p&uacute;blica do Tocantins demandas relacionadas a Aragua&iacute;na (TO).<br />
<br />
Na Capital, o parlamentar se reuniu com o Subsecret&aacute;rio de Seguran&ccedil;a P&uacute;blica, Abizair Ant&ocirc;nio Paniago, e com o Comandante Geral da Pol&iacute;cia Militar, coronel Glauber de Oliveira Santos. Na oportunidade, Luzimar entregou uma indica&ccedil;&atilde;o aprovada na C&acirc;mara Municipal em que pede ao governador Marcelo Miranda a ado&ccedil;&atilde;o de v&aacute;rias medidas para melhorar a seguran&ccedil;a da popula&ccedil;&atilde;o em Aragua&iacute;na.<br />
<br />
Entre os pedidos, o vereador solicitou que seja viabilizada a amplia&ccedil;&atilde;o do efetivo de homens das pol&iacute;cias civil e militar; amplia&ccedil;&atilde;o da frota de autom&oacute;veis e motos, al&eacute;m da revitaliza&ccedil;&atilde;o e cobertura da quadra poliesportiva do 2&ordm; BPM.<br />
<br />
Ainda para o Comandante da PM do Tocantins, Luzimar Coelho solicitou a realiza&ccedil;&atilde;o de concurso p&uacute;blico para preenchimento de 1.000 vagas de soldados e 30 de oficiais, al&eacute;m da implanta&ccedil;&atilde;o do Col&eacute;gio Militar em Aragua&iacute;na com capacidade para atender 2.500 alunos. Segundo informou o Comandante, o Governo j&aacute; est&aacute; trabalhando para readequa&ccedil;&atilde;o da frota de autom&oacute;veis e motos.<br />
<br />
<img alt="" src="http://www.afnoticias.com.br/administracao/files/images/Snapchat-3525484521573085589.jpg" style="width: 300px; height: 221px; border-width: 0px; border-style: solid; margin-left: 5px; margin-right: 5px; float: right;" />Ao subsecret&aacute;rio de Seguran&ccedil;a P&uacute;blica, Luzimar pediu a continuidade do concurso p&uacute;blico que est&aacute; paralisado desde dezembro de 2014 e o aparelhamento das delegacias da regi&atilde;o. O subsecret&aacute;rio Abizair Ant&ocirc;nio informou que j&aacute; recebeu mais de 4 mil itens de doa&ccedil;&atilde;o da Caixa Econ&ocirc;mica e do Banco do Brasil.<br />
<br />
Em rela&ccedil;&atilde;o &agrave; frota de autom&oacute;veis, o Governo do Estado fez uma parceria com o Poder Judici&aacute;rio para que os autom&oacute;veis apreendidos na pr&aacute;tica de crimes fiquem na cautela da Pol&iacute;cia Civil e sejam utilizados durante o trabalho. Sobre o concurso, a SSP garantiu que chamar&aacute; cerca de 500 aprovados a partir do segundo semestre de 2016, fato este condicionado ao aumento da arrecada&ccedil;&atilde;o. O GOTE [Grupo de Opera&ccedil;&otilde;es T&aacute;ticas Especiais da Pol&iacute;cia Civil] tamb&eacute;m atuar&aacute; com mais frequ&ecirc;ncia em Aragua&iacute;na, segundo garantiu o subsecret&aacute;rio.&nbsp;<br />
<br />
<em>&ldquo;A cidade de Aragua&iacute;na tem sido assolada por uma onda de viol&ecirc;ncia jamais presenciada. Estamos acompanhando o aumento assustador dos &iacute;ndices de crimes e atos infracionais, o que antes eram ocorr&ecirc;ncias pontuais, mas que agora se tornaram frequentes. A sociedade precisa de uma resposta r&aacute;pida e efetiva do Poder p&uacute;blico</em>&rdquo;, afirmou o vereador.<br />
<br />
<strong><u>Baixo efetivo policial</u></strong><br />
<br />
No dia 24 de agosto, o Minist&eacute;rio P&uacute;blico Estadual, atrav&eacute;s do promotor Paulo Alexandre Rodrigues de Siqueira, ajuizou A&ccedil;&atilde;o Civil P&uacute;blica cobrando conclus&atilde;o do concurso paralisado, reestrutura&ccedil;&atilde;o da Pol&iacute;cia Civil e retorno do efetivo cedido &agrave; Secretaria de Defesa Social. Segundo o MPE, faltam 187 policiais militares na cidade de Aragua&iacute;na. Existem apenas 135 efetivos, quando seriam necess&aacute;rios no m&iacute;nimo 322, segundo os par&acirc;metros da Lei Estadual n&deg; 1.676/06.<br />
<br />
Na pol&iacute;cia Civil, Aragua&iacute;na possui um efetivo muito inferior &agrave; m&eacute;dia do pr&oacute;prio Tocantins. Proporcionalmente, o Estado, que tem 5 mil cargos policiais providos atualmente, conta com um policial para cada grupo de 299 habitantes. J&aacute; em Aragua&iacute;na, que soma 202 mil habitantes tem apenas 135 policiais efetivamente trabalhando nas ruas. A propor&ccedil;&atilde;o &eacute; de um policial para cada grupo de 1.503 moradores.<br />
<br />
Com rela&ccedil;&atilde;o a viaturas, h&aacute; apenas cinco unidades para atender &agrave;s 11 delegacias de Aragua&iacute;na, al&eacute;m de servirem &agrave;s demais delegacias que fazem parte da regional.</span>

Comentários pelo Facebook: