Seet
Sobral – 300×100

ATM mobiliza prefeituras do Tocantins para fecharem as portas durante uma semana

admin -

<span style="font-size:14px;">A Associa&ccedil;&atilde;o Tocantinense de Munic&iacute;pios&nbsp; (ATM)&nbsp; mobiliza as prefeituras de todo o Tocantins para fecharem as portas dos dias 28 de setembro a 02 de outubro, em protesto &agrave;s in&uacute;meras dificuldades que os munic&iacute;pios enfrentam. Apenas os servi&ccedil;os considerados essenciais devem ser mantidos em funcionamento durante a semana de protesto. A normalidade do expediente ser&aacute; restabelecida no dia 06 de outubro.<br />
<br />
Para o presidente da ATM, prefeito de Brasil&acirc;ndia (TO), Jo&atilde;o Em&iacute;dio de Miranda, uma conjuntura de fatores deixa insustent&aacute;vel a governan&ccedil;a dos Munic&iacute;pios. &ldquo;<em>Nos &uacute;ltimos anos o repasse do FPM, principal recurso de 125 prefeituras tocantinenses, despencou significativamente do ponto de vista administrativo. As desonera&ccedil;&otilde;es fiscais causaram impacto de bilh&otilde;es aos cofres municipais, sem contar na defasagem e insufici&ecirc;ncia dos valores de programas federais que sugam mais recursos das prefeituras&rdquo;,</em> disse, ao lembrar ainda o aumento do sal&aacute;rio m&iacute;nimo e do piso dos professores do magist&eacute;rio diante da queda das receitas municipais.<br />
<br />
<strong><u>Sensibiliza&ccedil;&atilde;o</u></strong><br />
<br />
A ATM est&aacute; mobilizando os prefeitos de todo o Estado para aderirem &agrave; paralisa&ccedil;&atilde;o geral. A associa&ccedil;&atilde;o enviar&aacute; para todas as prefeituras o modelo de faixa a ser fixada nas portas das prefeituras, bem como a mensagem sonora que dever&aacute; ser veiculada em r&aacute;dios locais e carros de sons. &ldquo;<em>Al&eacute;m de protestarmos contra o arrocho financeiro, n&oacute;s prefeitos queremos sensibilizar nossas comunidades sobre a grave crise que passam as prefeituras, pois recebemos diariamente in&uacute;meras cobran&ccedil;as dos mun&iacute;cipes&rdquo;</em>, frisou.<br />
<br />
<strong><u>Coletiva de imprensa</u></strong><br />
<br />
O dia &ldquo;D&rdquo; da manifesta&ccedil;&atilde;o ser&aacute; no dia 28 de setembro, quando inicia-se a paralisa&ccedil;&atilde;o geral das prefeituras. Neste dia, a diretoria da ATM planeja conceder entrevista coletiva &agrave; imprensa para repassar os n&uacute;meros da crise nas prefeituras tocantinenses, bem como as bandeiras que ser&atilde;o levantadas pelo movimento municipalista tocantinense nessa semana de protestos.</span>

Comentários pelo Facebook: