Seet
Sobral – 300×100

Lázaro Botelho apresenta ao MEC proposta de criação da nova Universidade Federal no Tocantins

admin -

<span style="font-size:14px;">O deputado federal L&aacute;zaro Botelho (PP-TO) reuniu-se nesta sexta-feira (25) na sede do Minist&eacute;rio da Educa&ccedil;&atilde;o (MEC), em Bras&iacute;lia, com o Secret&aacute;rio de Ensino Superior Jesualdo Pereira Farias, para tratar da proposta de cria&ccedil;&atilde;o da Universidade Federal do Norte do Tocantins (UFNT), em Aragua&iacute;na.<br />
<br />
O parlamentar entregou a minuta elaborada por um grupo de professores e especialistas, onde fica demonstrada a import&acirc;ncia e viabilidade da proposta, que vem recebendo grande apoio de toda a comunidade dos 42 munic&iacute;pios das microrregi&otilde;es de Aragua&iacute;na e do Bico do Papagaio.<br />
<br />
L&aacute;zaro esclareceu que a regi&atilde;o norte do Tocantins apresenta caracter&iacute;sticas sociais, econ&ocirc;micas, culturais e geogr&aacute;ficas que justificam a cria&ccedil;&atilde;o da UFNT e que as bases para isso j&aacute; existem. &ldquo;<em>A cria&ccedil;&atilde;o da UFNT &eacute; muito vi&aacute;vel, pois com o desmembramento dos campi da UFT de Tocantin&oacute;polis e Aragua&iacute;na, a nova universidade j&aacute; nasce com uma grande estrutura, que seria ampliada gradativamente com a cria&ccedil;&atilde;o de novos campi em outras cidades da regi&atilde;o norte&rdquo;</em> Declarou o parlamentar tocantinense.<br />
<br />
O Secret&aacute;rio de Ensino Superior disse ao Deputado que a proposta &eacute; muito bem vinda e que poder&aacute; tornar-se realidade. Farias informou ainda que determinar&aacute; a elabora&ccedil;&atilde;o de estudos preliminares para melhor subsidiar as discuss&otilde;es a respeito da proposta trazida pelo Deputado.<br />
<br />
Acompanhado do Prefeito de Colinas do Tocantins, Jos&eacute; Santana (PT), L&aacute;zaro solicitou que fosse marcada uma nova reuni&atilde;o em outubro, para tratar do assunto, com as presen&ccedil;as dos t&eacute;cnicos do MEC e representantes do grupo de docentes da que preparou a minuta.<br />
<br />
<strong><u>Proposta</u></strong><br />
<br />
A proposta de cria&ccedil;&atilde;o da Universidade Federal do Norte do Tocantins (UFNT) foi apresentada na &uacute;ltima segunda-feira (21) por um grupo de professores da UFT aos&nbsp;</span><span style="font-size:14px;">vereadores de Aragua&iacute;na e ao senador Donizete Nogueira (PT).</span><br />
<br />
<span style="font-size:14px;">A proposta&nbsp; desmembra os campi de Tocantin&oacute;polis e Aragua&iacute;na e cria novos campi nas cidades de Guara&iacute; e Xambio&aacute;, n&atilde;o excedendo o limite m&eacute;dio de 250 km entre a institui&ccedil;&atilde;o e a cidade sede.<br />
<br />
Segundo os professores a implanta&ccedil;&atilde;o da nova institui&ccedil;&atilde;o levar&aacute; em considera&ccedil;&atilde;o os aspectos sociais e econ&ocirc;micos da popula&ccedil;&atilde;o dessa regi&atilde;o, al&eacute;m de corrigir problemas administrativos decorridos da dist&acirc;ncia entre os campi da &uacute;nica universidade federal existente no Estado.<br />
<br />
<strong><u>Defensores da proposta</u></strong><br />
<br />
A proposta foi elaborada pelos professores Airton Sieben, Andrea Mateus, Danielle Mastelari, Davi Oliveira Lima, Freud Rom&atilde;o, Isabelle Rom&atilde;o, Jo&atilde;o de Deus Leite, Jos&eacute; Expedito Cavalcante da Silva, Jos&eacute; Manoel Sanches da Cruz, Luis Juracy Rangel, K&ecirc;nia Ferreira Rodrigues, K&ecirc;nia Gon&ccedil;alves Costa, Miguel Pac&iacute;fico Filho, Odair Vieira, Priciane Correa Ribeiro, Shirlei Nabarrete Dezid&eacute;rio, Talles Marcos, Thelma Pontes Borges, Suzete Costa Souza</span>

Comentários pelo Facebook: