Sobral – 300×100
Seet

MPE cobra obras de infraestrutura em bairros de Araguaína após reclamações de moradores

admin -

<span style="font-size:14px;"><u>Da Reda&ccedil;&atilde;o</u><br />
<em>Portal AF Not&iacute;cias</em><br />
<br />
Ap&oacute;s constantes reclama&ccedil;&otilde;es e den&uacute;ncias de moradores de v&aacute;rios setores de Aragua&iacute;na (TO), o Minist&eacute;rio P&uacute;blico Estadual (MPE) solicitou, na &uacute;ltima quarta-feira (23), que provid&ecirc;ncias sejam tomadas pela secretaria de infraestrutura do munic&iacute;pio para atender as reivindica&ccedil;&otilde;es da popula&ccedil;&atilde;o.<br />
<br />
De acordo com a requisi&ccedil;&atilde;o encaminhada &agrave; secretaria, al&eacute;m das dificuldades de acesso que a popula&ccedil;&atilde;o tem a diversas localidades da cidade, muitas delas s&atilde;o <em>&ldquo;jogadas&rdquo;</em> para morar sem qualquer planejamento ou crit&eacute;rio de gest&atilde;o para amenizar os problemas da chuva.<br />
<br />
A situa&ccedil;&atilde;o &eacute; muito pelo contr&aacute;rio afirma o promotor no documento. &Agrave;s vezes &ldquo;<em>inicia e j&aacute; interrompe sem qualquer justificativa quanto as conclus&otilde;es das obras de manuten&ccedil;&atilde;o e/ou constru&ccedil;&otilde;es de melhoramentos,&nbsp; inviabilizando o tr&acirc;nsito de bicicletas, motos, carros e at&eacute; pedestres,&nbsp; restando &agrave;queles&nbsp; moradores o sentimento absoluto de abandono, sempre utilizando a m&aacute;xima e j&aacute; &ldquo;enferrujada&rdquo; desculpa &ldquo;depois vamos consertar&rdquo; e, a&iacute;, chuva vem, chuva vai… e nada &eacute; realizado</em>?&quot;, disparou o Promotor de Justi&ccedil;a, Alzemiro Peres Freitas.<br />
<br />
O promotor salientou que o setor Vila Santiago tem in&uacute;meros moradores com s&eacute;rios riscos de desabamento ou de perder suas casas. Isso &eacute; decorrente &ldquo;<em>da falta de infraestrutura seja da aus&ecirc;ncia de asfalto, estradas cascalhadas e dos cuidados espec&iacute;ficos para sua manuten&ccedil;&atilde;o, inclusive, chegando ao ponto de se verificar &ldquo;in loco&rdquo;&nbsp; eros&otilde;es para todo lado&rdquo;</em>, disse.<br />
<br />
No documento, foi requisitado que a secretaria apresente projeto arquitet&ocirc;nico ou plano de organiza&ccedil;&atilde;o m&iacute;nimo para o atendimento das demandas de constru&ccedil;&atilde;o manuten&ccedil;&atilde;o e outras esp&eacute;cies de melhorias das ruas que integram os v&aacute;rios setores de Aragua&iacute;na para ser executado antes da chegada das chuvas apresentando plano de a&ccedil;&atilde;o, indicando locais e sua ordem cronol&oacute;gica de realiza&ccedil;&atilde;o, assim como, os nomes das empresas que realizar&atilde;o as tarefas;<br />
<br />
Foi estabelecido o prazo de 10 dias para atendimento da solicita&ccedil;&atilde;o sob pena de reclus&atilde;o de 01 a 03 anos ou multa.</span>

Comentários pelo Facebook: