Seet
Sobral – 300×100

Greve dos bancários começa a partir de hoje no TO

admin -

<span style="font-size:14px;">Banc&aacute;rios de institui&ccedil;&otilde;es p&uacute;blicas e privadas de todo o pa&iacute;s iniciam nesta ter&ccedil;a-feira (6) greve por tempo indeterminado. Eles querem reajuste salarial de 16% (reposi&ccedil;&atilde;o da infla&ccedil;&atilde;o mais 5,7% de aumento real), entre outras reivindica&ccedil;&otilde;es.<br />
<br />
A paralisa&ccedil;&atilde;o foi decidida depois mais de 40 dias de negocia&ccedil;&otilde;es entre representantes dos trabalhadores e a Federa&ccedil;&atilde;o Nacional dos Bancos (Fenaban). A Fenaban ofereceu 5,5% de reajuste para os sal&aacute;rios e vales. A proposta inclui abono de R$ 2,5 mil, n&atilde;o incorporados ao sal&aacute;rio.<br />
<br />
Os banc&aacute;rios tamb&eacute;m pedem participa&ccedil;&atilde;o nos lucros equivalente a tr&ecirc;s sal&aacute;rios mais R$ 7.246,82.<br />
Em nota, a Fenaban informou que continua aberta &agrave;s negocia&ccedil;&otilde;es e que a proposta apresentada &agrave;s lideran&ccedil;as sindicais prev&ecirc; a participa&ccedil;&atilde;o nos lucros dos bancos, de acordo com uma f&oacute;rmula que, aplicada, por exemplo, ao piso de um caixa banc&aacute;rio, de R$ 2.560,00, pode garantir at&eacute; o equivalente a quatro sal&aacute;rios.<br />
<br />
Quanto &agrave; participa&ccedil;&atilde;o nos lucros, a entidade prop&otilde;e a distribui&ccedil;&atilde;o de 5% a 15% do lucro l&iacute;quido aos banc&aacute;rios, como regra b&aacute;sica, al&eacute;m da parcela adicional que distribui mais 2,2% do lucro de cada institui&ccedil;&atilde;o.<br />
<br />
<strong><u>Consumidores</u></strong><br />
<br />
Com a greve, os consumidores devem ficar atentos ao pagamento de faturas, boletos banc&aacute;rios e outros tipos de cobran&ccedil;a. Segundo o Instituto de Defesa do Consumidor (Procon) de S&atilde;o Paulo, embora a greve n&atilde;o afaste a obriga&ccedil;&atilde;o do consumidor de pagar as contas at&eacute; o vencimento, a empresa credora tem que oferecer outras formas e locais para que as quita&ccedil;&otilde;es sejam feitas.<br />
<br />
Para n&atilde;o ser cobrado de encargos (juros e multa) e ter o nome enviado a servi&ccedil;os de prote&ccedil;&atilde;o ao cr&eacute;dito, a recomenda&ccedil;&atilde;o do Procon &eacute; que o consumidor entre em contato com a empresa e pe&ccedil;a op&ccedil;&otilde;es de formas e locais de pagamento, como internet e casas lot&eacute;ricas. Esse pedido deve ser documentado, ou seja, guardada a c&oacute;pia do e-mail enviado ou anotado o n&uacute;mero do protocolo de atendimento, orienta a entidade. Assim, caso o fornecedor n&atilde;o oriente&nbsp; sobre a quita&ccedil;&atilde;o do d&eacute;bito, o consumidor pode fazer a reclama&ccedil;&atilde;o ao Procon.<br />
<br />
A Fenaban lembra que a popula&ccedil;&atilde;o tem &agrave; disposi&ccedil;&atilde;o caixas eletr&ocirc;nicos, internet banking, aplicativos do banco no celular, opera&ccedil;&otilde;es banc&aacute;rias por telefone e tamb&eacute;m pelos correspondentes (ag&ecirc;ncias dos Correios, redes de supermercados e outros estabelecimentos comerciais) como alternativas para fazer transa&ccedil;&otilde;es financeiras. Nos caixas eletr&ocirc;nicos, os saques noturnos s&atilde;o limitados a R$ 300,00 e o valor para saque diurno varia conforme a institui&ccedil;&atilde;o.<br />
<br />
Quem tem benef&iacute;cios para serem sacados, segundo a Fenaban, pode fazer saques por meio da rede de caixas eletr&ocirc;nicos 24 horas e caixas eletr&ocirc;nicos dos bancos</span><br />
<br />
<span style="font-size:14px;"><strong><u>Tocantins</u></strong><br />
<br />
No Tocantins a decis&atilde;o dos banc&aacute;rios em aderir a greve foi ap&oacute;s assembleia na &uacute;ltima quinta-feira (01) realizada na sede do Sindicato dos Banc&aacute;rios do Tocantins (Sintec-TO). Eles rejeitaram o reajuste apresentado pela Fenaban que era de 5,5% mais abono, no valor de R$ 2.500.</span>

Comentários pelo Facebook: