Seet
Sobral – 300×100

Advogados de Araguaína debatem sobre advocacia em roda de conversa do Movimento OAB Somos Todos Nós

admin -

<span style="font-size:14px;">O conselheiro federal da Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional Tocantins (OAB-TO) e pr&eacute;-candidato &agrave; presid&ecirc;ncia da Ordem, Gedeon Pitaluga, esteve em Aragua&iacute;na neste fim de semana para participar de uma roda de conversas organizada pelo &quot;Movimento OAB Somos Todos N&oacute;s&quot; e tamb&eacute;m 28&ordf; Jornada de Administra&ccedil;&atilde;o do Tocantins/29&ordf;Jornada Acad&ecirc;mica do Tocantins (Jornato).<br />
<br />
No encontro com a classe jur&iacute;dica estavam presentes cerca de 100 advogados, que participaram ativamente das discuss&otilde;es em prol do desenvolvimento e melhoria da atua&ccedil;&atilde;o de todos.<br />
<br />
Os debates foram impulsionados pelo Movimento, que vem discutindo e ouvindo ideias e dificuldades dos advogados das subse&ccedil;&otilde;es do Estado.<br />
<br />
Os advogados do norte do Estado expuseram problemas e dificuldades que enfrentam em suas atua&ccedil;&otilde;es. Assuntos como defesa de prerrogativas, desvaloriza&ccedil;&atilde;o, dificuldade dos jovens advogados, tem sido recorrentes nas rodas de conversa do Movimento &quot; OAB Somos Todos N&oacute;s&quot; em suas andan&ccedil;as pelo Tocantins.<br />
<br />
O advogado Sandro Correia falou das dificuldades que os advogados enfrentam nos tribunais e da falta de valoriza&ccedil;&atilde;o perante os demais &oacute;rg&atilde;os de justi&ccedil;a. <em>&quot;A OAB est&aacute; agachada, porque a nossa advocacia est&aacute; sendo massacrada nos &uacute;ltimos anos, principalmente na nossa cidade, na nossa regi&atilde;o. Hoje em dia o advogado n&atilde;o est&aacute; sendo respeitado pelo judici&aacute;rio, pelo policial, porque para eles somos apenas advogados. Chega juiz ditando regras e a OAB n&atilde;o faz nada, n&atilde;o respeita as prerrogativas dos advogados em audi&ecirc;ncia, questionamos.Tenho visto o posicionamento do Gedeon e do Quezado e acredito que n&oacute;s temos que estar com eles para vermos as mudan&ccedil;as que tanto queremos, e sermos enfim, respeitados&quot;</em>, afirmou Correia.<br />
<br />
<img alt="" src="http://www.afnoticias.com.br/administracao/files/images/1%20(4).jpg" style="width: 300px; height: 200px; border-width: 0px; border-style: solid; margin-left: 5px; margin-right: 5px; float: right;" />O advogado e membro do Tribunal de &Eacute;tica da OAB, Luiz Olinto, refor&ccedil;ou o apoio Movimento. <em>&quot;Ao apoiar ao Movimento OAB Somos Todos N&oacute;s, que tem como um dos coordenadores Gedeon, um profissional com um longa carreira, sempre presente em todas as discuss&otilde;es que permeiam a classe, eu apoio uma advocacia compromissada, assim como &eacute; o nosso conselheiro federal. Conseguimos unir todas as pessoas que querem uma OAB melhor, que realmente anseiam por mudan&ccedil;as&rdquo;</em>, apontou o advogado.<br />
<br />
A jovem advogada Suellen Battaglia falou da import&acirc;ncia de apoiar um movimento que luta por todos e n&atilde;o apenas por um ou outro segmento da advocacia. <em>&quot;&Eacute; exatamente por ser um movimento inclusivo, que abrange todos, o jovem advogado, a mulher, os mais experientes. Todos juntos numa &uacute;nica causa. &Eacute; por isso que eu apoio o Movimento OAB Somos Todos N&oacute;s e o Gedeon</em>&quot;, afirmou a advogada.<br />
<br />
Na roda de conversas, Gedeon Pitaluga destacou que os problemas mencionados e discutidos se resumem na atual falta de qualidade representativa e desvaloriza&ccedil;&atilde;o da classe. <em>&quot;Todos os problemas e dificuldades que temos ouvido pelo Estado e aqui hoje, como a defesa de prerrogativas, atua&ccedil;&atilde;o do jovem advogado, desvaloriza&ccedil;&atilde;o, entre outros, se resume na falta de qualidade representativa que temos vivido na OAB/TO. Acredito que com debates como esses, propositivos, transparentes e democr&aacute;ticos, conseguiremos mudar esse cen&aacute;rio atual e sermos representados com a qualidade que precisamos, valorizados e resgatar o papel da OAB, de atuar junto a n&oacute;s e por todos n&oacute;s, porque todos fazemos parte da OAB e queremos avan&ccedil;ar nesse processo de mudan&ccedil;a e renova&ccedil;&atilde;o. Agrade&ccedil;o aos amigos e colegas pelas quest&otilde;es aqui levantadas e pela disponibilidade em discutir a advocacia com tanta qualidade&quot;</em>, finalizou o conselheiro.<br />
<br />
<u><strong>Jornato</strong></u><br />
<br />
<img alt="" src="http://www.afnoticias.com.br/administracao/files/images/1%20(3).jpg" style="width: 300px; height: 200px; border-width: 0px; border-style: solid; margin-left: 5px; margin-right: 5px; float: left;" />Ainda em Aragua&iacute;na, Gedeon Pitaluga participou de mais uma edi&ccedil;&atilde;o do Jornato, e na oportunidade falou da import&acirc;ncia da integra&ccedil;&atilde;o da OAB com professores e universidades. <em>&quot;Iniciativas como essa demonstram que a OAB tem que atuar na qualifica&ccedil;&atilde;o do ensino jur&iacute;dico tocantinense, porque assim contribuir&aacute; para o fortalecimento da advocacia e, em &uacute;ltima an&aacute;lise, com o aperfei&ccedil;oamento do sistema judicial&quot;</em>, finalizou o conselheiro.<br />
<br />
O juiz de Direito Marlon Reis, conhecido por o idealizador da Lei da Ficha Limpa registrou a admira&ccedil;&atilde;o e confian&ccedil;a que possui em Gedeon Pitaluga. <em>&quot;Gostaria de dizer que tenho muito apre&ccedil;o pelo amigo Gedeon, que conhe&ccedil;o e admiro a atua&ccedil;&atilde;o dele frente ao Conselho Federal da OAB, admiro a postura dele como advogado e tamb&eacute;m como pessoa&quot;</em>, comentou o juiz.</span>

Comentários pelo Facebook: