Sobral – 300×100
Seet

Luana propõe filtros virtuais em computadores de escolas públicas

admin -

<span style="font-size:14px;">Impossibilitar o acesso nos computadores das escolas p&uacute;blicas estaduais a sites com conte&uacute;do er&oacute;tico, pornogr&aacute;fico ou impr&oacute;prio para menores, al&eacute;m dos que fazem apologia ao consumo de drogas e subst&acirc;ncias il&iacute;citas. Este &eacute; o objetivo do projeto de lei, de autoria da deputada estadual Luana Ribeiro (PR), apresentado em sess&atilde;o ordin&aacute;ria da Assembleia Legislativa do Tocantins, nesta ter&ccedil;a-feira (6).<br />
<br />
De acordo com a parlamentar, a rede mundial &eacute; uma importante ferramenta para os alunos, mas se mal usada pode prejudicar em vez de ajudar. &ldquo;<em>A internet proporciona aos estudantes o acesso a uma extensa variedade de informa&ccedil;&otilde;es e experi&ecirc;ncias. Mas, existem esses tipos de divulga&ccedil;&otilde;es que podem ser indutoras ao sexo precoce, &agrave; pedofilia, &agrave; pr&aacute;tica de agress&otilde;es e consumo de subst&acirc;ncias</em>&rdquo;, disse.<br />
<br />
Para impossibilitar o acesso &eacute; proposta a instala&ccedil;&atilde;o obrigat&oacute;ria de filtros virtuais. Segundo Luana, podem ser, inclusive, sem custos. <em>&ldquo;Na maior parte dos casos o software &eacute; gratuito, sem acarretar aumento de despesas. Inclusive, existem aplicativos de acesso que registram atividades no computador</em>&rdquo;, destacou.<br />
<br />
Al&eacute;m disso, a mat&eacute;ria garante o preceito relativo &agrave; integridade moral de crian&ccedil;as e adolescentes, amplamente defendido pelo Estatuto da Crian&ccedil;a e do Adolescente (ECA).</span><br />

Comentários pelo Facebook: