Sobral – 300×100
Seet

Olyntho Neto defende renúncia de Dilma Rousseff

admin -

<span style="font-size:14px;">Em discurso no Plen&aacute;rio da Assembl&eacute;ia Legislativa do Tocantins, o deputado Olyntho Neto (PSDB) comentou a decis&atilde;o do TCU (Tribunal de Contas da Uni&atilde;o) pela rejei&ccedil;&atilde;o das contas de governo da presidente Dilma Roussef (PT).&nbsp; Para o Deputado, &ldquo;a Presidente n&atilde;o tem condi&ccedil;&otilde;es moral e pol&iacute;tica para governar o pa&iacute;s.&rdquo; Por 8 votos a zero, a decis&atilde;o do TCU foi por unanimidade dos Ministros que entenderam que o governo cometeu irregularidades na gest&atilde;o das contas federais.<br />
<br />
Olyntho citou o recorde de alta do D&oacute;lar, h&aacute; duas semanas, que atingiu R$ 4,20,&nbsp; &ldquo;valor hist&oacute;rico e que provocou alta em v&aacute;rios produtos consumidos no Brasil, inclusive os da cesta b&aacute;sica de alimentos. O TCU &eacute; um &oacute;rg&atilde;o t&eacute;cnico e competente que na decis&atilde;o de ontem agiu com coer&ecirc;ncia e dentro das suas atribui&ccedil;&otilde;es, sendo aplaudido por todo o pa&iacute;s&rdquo;, argumentou Olyntho.<br />
<br />
O Deputado tamb&eacute;m lembrou que o TSE (Tribunal Superior Eleitoral) autorizou, h&aacute; dois dias, a abertura de investiga&ccedil;&atilde;o eleitoral contra a campanha da presidente Dilma em 2014. Essa &eacute; a primeira vez no Brasil que o Tribunal Superior Eleitoral abre uma apura&ccedil;&atilde;o para colher provas que forem necess&aacute;rias sobre o processo. <em>&ldquo;Golpe &eacute; mentir, enganar a popula&ccedil;&atilde;o. Golpe &eacute; roubar o dinheiro p&uacute;blico e usar em campanha eleitoral. A sa&iacute;da honrosa para a presidente Dilma &eacute; a ren&uacute;ncia&rdquo;</em>, finalizou Olyntho.</span>

Comentários pelo Facebook: