Sobral – 300×100
Seet

Líderes da Igreja Católica buscam apoio para instalação da Fazenda da Esperança em Araguaína

admin -

<span style="font-size:14px;">Durante uma reuni&atilde;o realizada na manh&atilde; da &uacute;ltima sexta-feira (09) o prefeito de Aragua&iacute;na (TO), Ronaldo Dimas, analisou a possibilidade de doa&ccedil;&atilde;o de uma &aacute;rea para a instala&ccedil;&atilde;o e implanta&ccedil;&atilde;o de uma unidade da Fazenda da Esperan&ccedil;a na cidade. A &aacute;rea ainda ser&aacute; escolhida e depois de todos os tr&acirc;mites legais, o processo para a constru&ccedil;&atilde;o ser&aacute; iniciado.<br />
<br />
A reuni&atilde;o foi articulada pelo vereador Terciliano Gomes, que j&aacute; vem discutindo o assunto com os l&iacute;deres regiliosos e o Poder P&uacute;blico desde o ano de 2013. <em>&quot;A Fazenda da Esperan&ccedil;a faz um trabalho brilhante tanto na vida dos dependentes, que querem se recuperar do v&iacute;cio das drogas e ter a oportunidade de recome&ccedil;ar a vida, quanto de seus familiares. Por isso estamos empenhados nessa luta&quot;</em>, ressaltou Terciliano. &nbsp;<br />
<br />
Estavam tamb&eacute;m presentes na reuni&atilde;o o bispo da Diocese de Tocantin&oacute;polis, Dom Giovanni Pereira de Melo; o conselheiro da Regi&atilde;o Centro Norte da Fazenda da Esperan&ccedil;a, Wanderson Mendes; o di&aacute;cono e ju&iacute;z &Aacute;lvaro Nascimento Cunha, e o representante da Universidade Cat&oacute;lica de Goi&aacute;s (UCG), Rodolfo Petrelli. Os secret&aacute;rios da Habita&ccedil;&atilde;o, Geraldo Silva, e do Trabalho e A&ccedil;&atilde;o Social, Jos&eacute; da Guia, tamb&eacute;m participaram do encontro.<br />
<br />
Dimas apontou algumas regi&otilde;es no per&iacute;metro urbano de Aragua&iacute;na onde a unidade pode ser instalada. Esclarecendo que ser&aacute; realizado todo um processo legal, respeitando os tr&acirc;mites, destacando que a Prefeitura vai ajudar nesse procedimento.<br />
<br />
O conselheiro da Fazenda da Esperan&ccedil;a, Wanderson Mendes, explicou o interesse de se instalar uma unidade em Aragua&iacute;na. <em>&ldquo;Temos v&aacute;rias pessoas daqui de Aragua&iacute;na que buscaram tratamento na Fazenda da Esperan&ccedil;a em Palmas. Ent&atilde;o temos essa necessidade de ajudar essas pessoas que buscam tratamento, facilitando para elas o acesso a esse acompanhamento e sua recupera&ccedil;&atilde;o&rdquo;</em>, comentou.<br />
<br />
De acordo com Mendes, inicialmente a unidade de Aragua&iacute;na vai atender 30 pessoas e o prazo de recupera&ccedil;&atilde;o &eacute; de 12 meses. <em>&ldquo;Durante o tratamento, elas ter&atilde;o acompanhamento de profissionais e atividades voltadas ao trabalho e conviv&ecirc;ncia&rdquo;</em>, especificou.</span>

Comentários pelo Facebook: