Sobral – 300×100
Seet

Desentendimento pela liderança de facções criminosas termina em morte no Presídio Barra da Grota

admin -

<span style="font-size:14px;"><u>Da Reda&ccedil;&atilde;o</u><br />
<em>Portal AF Not&iacute;cicas</em></span><br />
<br />
<span style="font-size:14px;">Um preso foi assassinado dentro da Unidade de Tratamento Penal Barra da Grota (UTPB) em Aragua&iacute;na (TO), na noite do &uacute;ltimo s&aacute;bado (10).<br />
<br />
O crime ocorreu dentro da cela 209 do pavilh&atilde;o A, onde ficam numa esp&eacute;cie de isolamento.<br />
<br />
A pol&iacute;cia informou que Elismar In&aacute;cio Valdivino foi encontrado morto com mais de 20 perfura&ccedil;&otilde;es nas costas e no abd&ocirc;mem. O assassinato pode ter sido praticado por membros de fac&ccedil;&otilde;es criminosas, disse a pol&iacute;cia.<br />
<br />
Valdivino estava preso por latroc&iacute;nio. A pol&iacute;cia disse que na cela em que ele ficava tinham mais tr&ecirc;s homens que foram ouvidos ap&oacute;s o crime ainda dentro do pres&iacute;dio.<br />
<br />
No local foi encontrado uma vassoura pontiaguda, provavelmente usada para praticar o crime. Um dos detentos doi flagrado pelas c&acirc;meras de monitoramento entrando com o objeto.<br />
<br />
A Pol&iacute;cia Civil informou tamb&eacute;m que est&aacute; investigando o caso e ainda n&atilde;o confirmou o autor do homic&iacute;dio. A suspeita &eacute; que Valdivino queria criar uma nova fac&ccedil;&atilde;o, mas membros de outros dois grupos organizados se uniram para impedi-lo.<br />
<br />
&ldquo;Esse &eacute; um pavilh&atilde;o isolado e queria montar a pr&oacute;pria fac&ccedil;&atilde;o deles, mas n&atilde;o deu certo porque os presos n&atilde;o aceitam uma fac&ccedil;&atilde;o que n&atilde;o tenha renome, porque o objetivo do grupo dentro do pres&iacute;dio &eacute; manter a ordem, a disciplina&rdquo;, disse o delegado Sandro Dias.</span>

Comentários pelo Facebook: