Seet
Sobral – 300×100

Luzimar Coelho apresenta ao Conselho da UFT proposta do curso pré-vestibular gratuito

admin -

<div style="text-align: justify;">
<span style="font-size:14px;"><u><strong>Da Reda&ccedil;&atilde;o</strong></u><br />
<br />
Atendendo a um convite do Conselho Diretor da Universidade Federal do Tocantins, o vereador Luzimar Coelho (PRTB) participou na tarde da &uacute;ltima quarta-feira (27) de reuni&atilde;o para apresentar o Projeto de Lei que institui no &acirc;mbito de Aragua&iacute;na o curso pr&eacute;-vestibular gratuito. Al&eacute;m de professores, coordenadores, representante do quadro administrativo e dos estudantes, esteve tamb&eacute;m presente o diretor do campus da UFT em Aragua&iacute;na, Luis Eduardo Bovolato.<br />
<br />
De acordo com o parlamentar, o objetivo era apresentar a proposta ao Conselho que, por sua vez, analisaria a viabilidade de a universidade ser parceira na implanta&ccedil;&atilde;o do pr&eacute;-vestibular gratuito. Na oportunidade, Luzimar explicou a proposta, formalizou o convite de parceria e pediu a colabora&ccedil;&atilde;o do Conselho propondo emendas para melhor atender a finalidade do projeto.<br />
<br />
&ldquo;Nosso objetivo n&atilde;o &eacute; apenas elaborar um Projeto de Lei, aprovar na C&acirc;mara e ser sancionado pelo prefeito. Primeiramente vamos conversar com os parceiros, discutir altera&ccedil;&otilde;es e acertar os detalhes para que o Projeto n&atilde;o fique engavetado&rdquo;, disse o parlamentar.&nbsp;<br />
<br />
<strong><u>O Projeto</u></strong><br />
<br />
De acordo com a proposta, as aulas ser&atilde;o ministradas pelos acad&ecirc;micos dos &uacute;ltimos per&iacute;odos dos cursos de licenciaturas, orientados pelos professores, e ainda contar&aacute; como horas para o est&aacute;gio supervisado obrigat&oacute;rio. O Pr&eacute;-vestibular atender&aacute; principalmente alunos da rede p&uacute;blica de ensino.&nbsp;&nbsp;<br />
<br />
Ainda segundo Luzimar Coelho, o projeto s&oacute; ser&aacute; votado ap&oacute;s passar pelo crivo da sociedade, embasado nas discuss&otilde;es e an&aacute;lises com todos os parceiros. &ldquo;J&aacute; apresentamos a proposta ao Conselho da UFT, depois discutiremos com os Centros Acad&ecirc;micos, alunos de ensino m&eacute;dio, com a prefeitura atrav&eacute;s da Secret&aacute;ria Municipal de Educa&ccedil;&atilde;o e, para concluir, vamos apresentar o projeto ao prefeito Ronaldo Dimas&rdquo;, disse.&nbsp;<br />
<br />
Conforme o parlamentar, esses debates visam adequar o Projeto de Lei &agrave; realidade de Aragua&iacute;na para que atenda os anseios dos jovens que lutam por uma vaga nas universidades. &ldquo;Este n&atilde;o pode ser um projeto morno, expressando apenas a vontade do vereador. Tem que ser um projeto que envolva toda a sociedade. Estou lan&ccedil;ando a semente. Ela est&aacute; come&ccedil;ando a germinar. E para que d&ecirc; bons frutos &eacute; preciso que todos participem na sua elabora&ccedil;&atilde;o&rdquo;, destacou.<br />
<br />
Ainda conforme Luzimar, se o projeto fosse votado sem discutir com os parceiros e estudantes, se tornaria apenas mais uma Lei sem executividade. &ldquo;Esses debates servem inclusive de respaldo para defender a ideia no Plen&aacute;rio da Casa de Leis&rdquo;, finalizou.</span></div>

Comentários pelo Facebook: