Seet
Sobral – 300×100

Prefeitura organiza licitação para contratar empresa que fará auditoria dos últimos 5 anos

admin -

<div style="text-align: justify;">
<span style="font-size:14px;"><u><strong>Da Reda&ccedil;&atilde;o</strong></u><br />
<br />
Antes mesmo de tomar posse como prefeito, ainda em dezembro de 2012, Ronaldo Dimas recebeu um of&iacute;cio do Minist&eacute;rio P&uacute;blico Estadual recomendando que, t&atilde;o logo assumisse a gest&atilde;o do Munic&iacute;pio, realizasse uma Auditoria Interna Completa na Prefeitura no prazo de 90 dias.<br />
<br />
Terminado esse prazo, o <strong><em>AF Not&iacute;cias</em></strong> falou com o Secret&aacute;rio da Fazenda, Alberto Sousa Brito, para saber se a recomenda&ccedil;&atilde;o foi acatada, ou n&atilde;o, e se os dados j&aacute; estariam em poder do MPE.<br />
<br />
De acordo com o secret&aacute;rio, a auditoria solicitada pelo &oacute;rg&atilde;o &eacute; um procedimento de alto custo e demorado, visto que ser&atilde;o analisados os contratos firmados e licita&ccedil;&otilde;es realizadas; os processos administrativos de aliena&ccedil;&otilde;es de bens p&uacute;blicos; a regularidade na arrecada&ccedil;&atilde;o dos tributos municipais dos &uacute;ltimos, bem como qualquer outra irregularidade a ser encontrada nos &uacute;ltimos 5 (cinco) anos, ou seja, envolve o &uacute;ltimo ano da gest&atilde;o da ex-prefeita Valderez Castelo Branco e os quatro anos da administra&ccedil;&atilde;o de Valuar Barros.<br />
<br />
Ainda conforme Alberto Brito, a prefeitura j&aacute; fez contato com a Funda&ccedil;&atilde;o Get&uacute;lio Vargas (FGV), com uma empresa ligada &agrave; UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro) e Magnus Auditores, de Minas Gerais. Apenas esta &uacute;ltima respondeu demonstrando interesse em realizar a auditoria.<br />
<br />
<u><strong>Licita&ccedil;&atilde;o</strong></u><br />
<br />
Segundo o secret&aacute;rio, ainda esta semana ser&aacute; conclu&iacute;do o Termo de Refer&ecirc;ncia (documento define o objeto a ser executado, a forma, o prazo de execu&ccedil;&atilde;o e etc.).&nbsp; Na pr&oacute;xima semana deve ser publicado o edital para licita&ccedil;&atilde;o. A prefeitura acredita que a auditoria vai demorar cerca de um ano, dada a sua complexidade.<br />
<br />
<u><strong>Valores</strong></u><br />
<br />
De acordo com o secret&aacute;rio a &uacute;nica empresa que manifestou interesse em fazer a auditoria or&ccedil;ou o servi&ccedil;o em 115 mil reais, sem incluir despesas com deslocamento, hospedagem e alimenta&ccedil;&atilde;o, que ficariam por conta da prefeitura.<br />
<br />
Ainda nesta quarta-feira (03) o secret&aacute;rio Alberto Sousa Brito esteve reunido com o promotor de Justi&ccedil;a Alzemiro Wilson Peres Freitas explicando toda essa situa&ccedil;&atilde;o. Um documento tamb&eacute;m j&aacute; foi enviado ao MPE respondendo &agrave; recomenda&ccedil;&atilde;o.<br />
<br />
O MPE advertiu o prefeito Ronaldo Dimas que a n&atilde;o observ&acirc;ncia da recomenda&ccedil;&atilde;o implicar&aacute; em omiss&atilde;o dolosa por parte do Chefe do Poder Executivo nas poss&iacute;veis irregularidades existentes, constituindo ato de improbidade administrativa.</span></div>

Comentários pelo Facebook: