Seet
Sobral – 300×100

A pedido de Terciliano Gomes, mototaxistas se reúnem com prefeito e discutem melhorias

admin -

<div style="text-align: justify;">
<span style="font-size:14px;">Representantes da Cooperativa de Mototaxistas de Aragua&iacute;na, juntamente com o vereador Terciliano Gomes (PV), se reuniram na tarde dessa quinta-feira (04) com o prefeito Ronaldo Dimas para debater as mudan&ccedil;as na Lei 2668/2010, que regulamenta a profiss&atilde;o na cidade.<br />
<br />
Entre as reivindica&ccedil;&otilde;es, os trabalhadores querem que haja a possibilidade de transfer&ecirc;ncia da permiss&atilde;o do servi&ccedil;o para familiares em caso de morte do mototaxista. Sendo assim, o prefeito prop&ocirc;s a mudan&ccedil;a de permiss&atilde;o do servi&ccedil;o para concess&atilde;o.<br />
<br />
Al&eacute;m disso, a classe que ainda que a Lei permita que o mototaxista tenha outro v&iacute;nculo empregat&iacute;cio. Atualmente, a lei pro&iacute;be esta pr&aacute;tica. &ldquo;Muitos dos colegas tiveram que largar o emprego para exercer a profiss&atilde;o. E por causa de v&aacute;rios fatores, nosso faturamento caiu&rdquo;, argumentou o presidente da cooperativa, Raimundo Borges.<br />
<br />
O prefeito foi direto ao afirmar que esta situa&ccedil;&atilde;o &eacute; complexa porque gerar&aacute; in&uacute;meras manifesta&ccedil;&otilde;es de apoio e rep&uacute;dio. &ldquo;Entretanto, &eacute; preciso aguardar a aprova&ccedil;&atilde;o da C&acirc;mara de Vereadores sobre as mudan&ccedil;as. N&oacute;s vamos seguir o que manda a lei&rdquo;, assegura Ronaldo.<br />
<br />
Outro tema discutido refere-se ao per&iacute;odo em que o profissional poder&aacute; suspender as atividades, seja por causa de doen&ccedil;a ou problemas pessoais. Caso este seja por um per&iacute;odo maior que 30 dias corre o risco de perder a permiss&atilde;o. A classe solicitou como mudan&ccedil;a a amplia&ccedil;&atilde;o deste per&iacute;odo de 90 a 180 dias.<br />
<br />
Ronaldo disse que a solicita&ccedil;&atilde;o ser&aacute; estudada, mas que uma op&ccedil;&atilde;o mais r&aacute;pida seria a cria&ccedil;&atilde;o de suplentes para assumirem temporariamente as atividades durante a aus&ecirc;ncia do permission&aacute;rio. &ldquo;Vamos tamb&eacute;m, junto ao departamento jur&iacute;dico, averiguar a possibilidade de abertura de licita&ccedil;&atilde;o para preencher cerca de 12 vagas ainda pleiteadas por aqueles que n&atilde;o conseguiram a permiss&atilde;o no &eacute;poca da cria&ccedil;&atilde;o da lei. Neste mesmo momento, &eacute; poss&iacute;vel criar os cargos de supl&ecirc;ncia&rdquo;, coloca o prefeito.<br />
<br />
<u><strong>Rigor na Fiscaliza&ccedil;&atilde;o</strong></u><br />
<br />
Segundo os profissionais, a atua&ccedil;&atilde;o de clandestinos em carros e motos tem afetado o faturamento dos mototaxistas. Os representantes pediram a atua&ccedil;&atilde;o mais firme do poder p&uacute;blico na fiscaliza&ccedil;&atilde;o. Segundo Ronaldo, com a aprova&ccedil;&atilde;o de apenas duas pessoas para o cargo de agente de tr&acirc;nsito no &uacute;ltimo concurso p&uacute;blico, mesmo com a convoca&ccedil;&atilde;o, a fiscaliza&ccedil;&atilde;o plena fica invi&aacute;vel. &ldquo;A instala&ccedil;&atilde;o de c&acirc;meras de vigil&acirc;ncia em pontos estrat&eacute;gicos da cidade vai auxiliar na identifica&ccedil;&atilde;o dos irregulares. Estamos trabalhando para isso. Vamos, tamb&eacute;m, solicitar o apoio da pol&iacute;cia militar na autua&ccedil;&atilde;o dos clandestinos&rdquo;. O preenchimento das vagas para o cargo de agente de tr&acirc;nsito acontecer&aacute; com outro concurso p&uacute;blico, ainda n&atilde;o definido pelo poder p&uacute;blico.<br />
<br />
<u><strong>Resultado</strong></u><br />
<br />
Outros temas como defini&ccedil;&atilde;o de uma tabela de pre&ccedil;os para o usu&aacute;rio e a constru&ccedil;&atilde;o de pontos para abrigar os mototaxistas tamb&eacute;m foram solicitados pela categoria ao poder p&uacute;blico.<br />
<br />
&ldquo;Este encontro foi positivo em todos os pontos. Temos que definir ainda alguns pontos entre os mototaxistas e junto aos vereadores. Mas vamos continuar trabalhando e solicitando o apoio da prefeitura para que nosso servi&ccedil;o possa ser o melhor poss&iacute;vel para o usu&aacute;rio e para n&oacute;s&rdquo;, conclui Raimundo, presidente da cooperativa.<br />
<br />
&ldquo;Fizemos compromissos com a categoria e vamos trabalhar para cumpri-los. Estamos pensando no bem coletivo e do trabalhador&rdquo;, afirma Ronaldo.</span><br />
<br />
<span style="font-size:14px;">A reuni&atilde;o atendeu uma solicita&ccedil;&atilde;o do vereador Terciliano Gomes (PV). Segundo ele, o encontro foi bastante positivo e o prefeito se comprometeu a atender as reivindica&ccedil;&otilde;es, tudo dentro das possibilidades do munic&iacute;pio e da legalidade.</span></div>

Comentários pelo Facebook: