Seet
Sobral – 300×100

Em Araguaína, usuários exigem fim do monopólio da Lontra

admin -

<div style="text-align: justify;">
<span style="font-size:14px;">Acad&ecirc;micos da Universidade Federal do Tocantins (UFT), Campus de Aragua&iacute;na, utilizam as redes sociais para protestarem contra os servi&ccedil;os de transporte coletivo em Aragua&iacute;na. Um manifesto denominado <em><strong>&ldquo;&Eacute; hora de dizer: BASTA!!!&rdquo;</strong></em>&nbsp; publicado ontem, 09,&nbsp; no Facebook e&nbsp; assinado por Sandra Alves e Taillany Sousa,&nbsp; cobra respostas concretas das autoridades, melhorias no servi&ccedil;o e o fim do monop&oacute;lio da empresa Via&ccedil;&atilde;o Lontra, que explora o servi&ccedil;o h&aacute; mais de 30 anos na cidade.<br />
<br />
Dentre as reclama&ccedil;&otilde;es, est&atilde;o problemas como <em>&ldquo;p&eacute;ssimas condi&ccedil;&otilde;es dos &ocirc;nibus, m&aacute; preserva&ccedil;&atilde;o dos terminais, pessoas idosas de p&eacute; dentro dos coletivos, m&atilde;es com crian&ccedil;a de colo que passam por estas mesmas situa&ccedil;&otilde;es, e ainda se n&atilde;o bastasse, vem a famosa hist&oacute;ria dos coletivos quebrados</em>.(…) <em>Estamos cansados de promessas de melhorias e de que &ldquo;as provid&ecirc;ncias j&aacute; est&atilde;o sendo tomadas&rdquo; e bl&aacute; bl&aacute; bl&aacute;… Queremos, al&eacute;m de respostas convincentes, a&ccedil;&otilde;es concretas e n&atilde;o somente dentro das possibilidades, mas dentro dos nossos DIREITOS! BASTA. ASSIM N&Atilde;O D&Aacute; PRA CONTINUAR!!!&rdquo;</em><br />
<br />
A postagem tem centenas de coment&aacute;rios e dezenas de compartilhamentos. <em>&ldquo;Acad&ecirc;micos, estudantes e sociedade araguainense est&atilde;o cansados do descaso e da precariedade do transporte p&uacute;blico em Aragua&iacute;na-TO . &Eacute; por isso que reivindicamos pelo fim do monop&oacute;lio,&rdquo;</em> comentou a universit&aacute;ria Ana Senna da Silva.<br />
<br />
<u><strong>Resposta</strong></u><br />
<br />
Segundo Carina Perdig&atilde;o Cavalcante Pessoa, Diretora Mobilidade Urbana, do munic&iacute;pio de Aragua&iacute;na, a prefeitura j&aacute; estuda uma forma de resolver o problema, mas ainda n&atilde;o tem previs&atilde;o para isso acontecer. Segundo Carina, a prefeitura est&aacute; fazendo um conv&ecirc;nio com a UFT para elaborar um estudo preciso sobre a realidade do transporte p&uacute;blico em Aragua&iacute;na, para assim, tomar as provid&ecirc;ncias.<br />
<br />
O estudo deve ser conclu&iacute;do no final de 2013, mas segundo a diretora, medidas emergenciais est&atilde;o sendo tomadas como: arrumar a malha asf&aacute;ltica nas linhas de coletivo para evitar os atrasos; um acompanhamento maior da situa&ccedil;&atilde;o e a exig&ecirc;ncia de transporte p&uacute;blico de qualidade em Aragua&iacute;na.&nbsp;&nbsp; Tamb&eacute;m h&aacute; uma previs&atilde;o, sem data, para a reforma dos terminais.<br />
<br />
<strong><u>Aumento da&nbsp; tarifa</u></strong><br />
<br />
No final de 2012, o prefeito Valuar Barros atendendo &agrave; solicita&ccedil;&atilde;o de uma comiss&atilde;o formada por vereadores, representantes da prefeitura e da empresa de transporte Coletivo, autorizou o reajuste&nbsp; de 25% da tarifa.&nbsp;&nbsp;<br />
<br />
A justificativa era permitir a justa remunera&ccedil;&atilde;o de capital em base que assegurem o equil&iacute;brio econ&ocirc;mico e financeiro do contrato e a necessidade de revis&atilde;o com a finalidade de melhora na qualidade do transporte coletivo em Aragua&iacute;na. A Via&ccedil;&atilde;o Lontra informou que encaminhar&aacute; uma nota com as devidas explica&ccedil;&otilde;es.</span></div>

Comentários pelo Facebook: