Seet
Sobral – 300×100

Parque Cimba terá áreas de lazer e bacias para evitar alagamentos

admin -

<div style="text-align: justify;">
<span style="font-size: 14px;">Projetado para ser um dos mais belos cart&otilde;es postais de Aragua&iacute;na, o Parque Cimba &eacute; idealizado pela Prefeitura de Aragua&iacute;na, por meio da Secretaria de Planejamento, para ser uma &aacute;rea de lazer e entretenimento para a comunidade e tamb&eacute;m funcionar como regi&atilde;o de conten&ccedil;&atilde;o da &aacute;gua das chuvas. O parque est&aacute; com o projeto b&aacute;sico arquitet&ocirc;nico conclu&iacute;do, ter&aacute; cerca de 180 mil metros quadrados, localizado no setor Cimba. A obra de urbaniza&ccedil;&atilde;o est&aacute; or&ccedil;ada em 9 milh&otilde;es de reais.</span><br />
<br />
<span style="font-size:14px;">A outra fase de implanta&ccedil;&atilde;o do parque acontecer&aacute; com a constru&ccedil;&atilde;o das bacias de macrodrenagem, que demandam um projeto mais detalhado de engenharia. Os custos desta etapa est&atilde;o sendo levantados pela prefeitura.<br />
<br />
No m&ecirc;s de mar&ccedil;o, o prefeito Ronaldo Dimas esteve no Minist&eacute;rio do Turismo, em Bras&iacute;lia, e apresentou uma proposta de financiamento do Parque Ecol&oacute;gico Cimba no valor de R$ 7 milh&otilde;es de reais. O &oacute;rg&atilde;o sinalizou positivamente para a ajuda no custeio da obra.</span><br />
<br />
<u><strong><span style="font-size: 14px;">Conten&ccedil;&atilde;o de enchentes</span></strong></u><br />
<br />
<span style="font-size:14px;">Tr&ecirc;s bacias ser&atilde;o constru&iacute;das dentro do Parque Cimba para receber a &aacute;gua das chuvas e controlar o escoamento para os demais c&oacute;rregos da regi&atilde;o. Dentro da &aacute;rea h&aacute; a nascente do c&oacute;rrego Cimba, que des&aacute;gua no c&oacute;rrego Canind&eacute; e em seguida no Neblina.<br />
<br />
O projeto inclui a constru&ccedil;&atilde;o de uma primeira bacia que recebe toda a enxurrada proveniente dos bairros mais pr&oacute;ximos. De l&aacute;, a &aacute;gua segue para mais duas bacias por meio de escadas, que diminuem a velocidade e a for&ccedil;a da enxurrada. &ldquo;Aos poucos, esta &aacute;gua &eacute; liberada para os outros c&oacute;rregos, evitando os alagamentos rel&acirc;mpagos&rdquo;, explica o prefeito Ronaldo Dimas.<br />
<br />
A &aacute;rea verde do parque tamb&eacute;m far&aacute; para parte do sistema de escoamento da &aacute;gua com a drenagem natural do solo.<br />
<br />
<u><strong>Lazer e recrea&ccedil;&atilde;o</strong></u></span><br />
<br />
<span style="font-size: 14px;"><img alt="" src="http://afnoticias.com.br/administracao/files/images/IMAGEM6-Lanchonete%20REDIMENSIONADA.jpg" style="width: 300px; height: 198px; border-width: 0px; border-style: solid; margin-left: 5px; margin-right: 5px; float: left;" />O Parque Cimba trar&aacute; op&ccedil;&otilde;es de lazer e qualidade de vida para a comunidade. &ldquo;Planejamos a &aacute;rea para ser muito mais que uma obra de engenharia. Todos os detalhes foram pensados para proporcionar bem estar aos freq&uuml;entadores&rdquo;, lembra o arquiteto Mikael Alan de Sousa, da Secretaria de Planejamento.</span><br />
<br />
<span style="font-size:14px;">A estrutura do parque contar&aacute; com estacionamentos, ciclovias e pistas de caminhada em todo o entorno da &aacute;rea, &aacute;reas de descanso para os passantes, pontes, lanchonetes, sanit&aacute;rios, parque infantil, academia ao ar livre, gin&aacute;stica para a melhor idade, pra&ccedil;a para esportes radicais e um deck &agrave; beira lago.<br />
<br />
Outra importante benfeitoria &eacute; o espa&ccedil;o de conv&iacute;vio com palco e arquibancada para apresenta&ccedil;&otilde;es art&iacute;sticas em geral. Um mirante tamb&eacute;m ser&aacute; erguido com vista para um buritizal, que faz parte da mata nativa preservada. &ldquo;Este &eacute; um aspecto importante do parque. Vamos preservar o m&aacute;ximo de mata nativa para que a comunidade aprecie a natureza dentro da cidade. Vamos tamb&eacute;m preservar e restaurar as ru&iacute;nas da antiga f&aacute;brica de &oacute;leo do coco de baba&ccedil;u no local como parte da hist&oacute;ria da cidade&rdquo;, conta Paulo Gomes Monteiro J&uacute;nior, superintendente de Infraestrutura e Mobilidade Urbana.</span></div>

Comentários pelo Facebook: