Sobral – 300×100
Seet

56,3% de todo efetivo da PM está concentrado só em Palmas; Governo promete investimentos

admin -

<div style="text-align: justify;">
<span style="font-size:14px;"><u><strong>Arnaldo Filho</strong></u><br />
<em>Portal AF Not&iacute;cias</em><br />
<br />
Mais de dez cidades da regi&atilde;o pr&oacute;xima a Aragua&iacute;na j&aacute; tiveram as ag&ecirc;ncias banc&aacute;rias explodidas em pouco menos de um ano. Os assaltantes, em sua maioria, agem fortemente armados e usam dinamites para explodir os caixas e levar todo o dinheiro. Em alguns casos fazem inclusive policiais ref&eacute;ns e fogem na viatura da pr&oacute;pria autoridade policial, como ocorreu em Anan&aacute;s h&aacute; menos de um m&ecirc;s.<br />
<br />
Mas tudo isso tem uma explica&ccedil;&atilde;o, principalmente quando olhamos o n&uacute;mero de policiais no Estado e a distribui&ccedil;&atilde;o do efetivo nas 139 cidades tocantinenses.<br />
<br />
<u><strong>O efetivo</strong></u><br />
<br />
Atualmente, o Tocantins conta com 3.989 homens no efetivo da Pol&iacute;cia Militar. Do total que comp&otilde;e o quadro, 1.742 policiais atuam no interior do Tocantins e 2.247 em Palmas, ou seja, 56,3% de todo o efeito est&aacute; na capital. Isso significa que nas outras 138 cidades tocantinenses est&aacute; distribu&iacute;do menos da metade de toda a tropa da PM.<br />
<br />
Para amenizar um pouco este desequil&iacute;brio e inseguran&ccedil;a generalizada, o Governo do Estado est&aacute; realizando concurso para provimento de 300 vagas de soldado para serem distribu&iacute;das nas cidades de Palmas, Aragua&iacute;na e Gurupi.&nbsp; Ainda que todo esse novo efetivo fosse exclusivamente para o interior do Estado o n&uacute;mero de policiais permaneceria menor que o de Palmas.&nbsp;<br />
<br />
<u><strong>Promessas de investimentos</strong></u><br />
<br />
Na &uacute;ltima sexta-feira (19) o Governo do Estado disse que investir&aacute; aproximadamente R$ 60 milh&otilde;es no fortalecimento, aparelhamento da infraestrutura e capacita&ccedil;&atilde;o de profissionais da seguran&ccedil;a p&uacute;blica do Tocantins este ano.<br />
<br />
Conforme o Secret&aacute;rio da Seguran&ccedil;a P&uacute;blica do Tocantins, Jo&atilde;o Fonseca Coelho, est&atilde;o previstos investimentos da ordem de R$ 49,9 milh&otilde;es na Pol&iacute;cia Civil. Os recursos foram captados junto ao Governo Federal, por meio de acordos e termos de coopera&ccedil;&atilde;o firmados entre a SSP e o Minist&eacute;rio da Justi&ccedil;a.<br />
<br />
Entre as a&ccedil;&otilde;es priorit&aacute;rias da SSP para 2013, o Secret&aacute;rio destaca a constru&ccedil;&atilde;o de 22 unidades da Pol&iacute;cia Civil em todo o Estado. Os recursos tamb&eacute;m devem ser aplicados na aquisi&ccedil;&atilde;o de equipamentos para a pol&iacute;cia t&eacute;cnico-cient&iacute;fica; constru&ccedil;&atilde;o, instala&ccedil;&atilde;o e aparelhamento do Instituto de Gen&eacute;tica Forense.<br />
<br />
<strong><u>Pol&iacute;cia Militar</u></strong><br />
<br />
J&aacute; na Pol&iacute;cia Militar, segundo o Governo, a inten&ccedil;&atilde;o &eacute; investir cerca de R$ 10 milh&otilde;es na infraestrutura da corpora&ccedil;&atilde;o. De acordo com o comandante geral da PM, coronel Luiz Cl&aacute;udio Gon&ccedil;alves Ben&iacute;cio, os recursos s&atilde;o provenientes de emendas parlamentares e de financiamentos junto &agrave; Caixa Econ&ocirc;mica Federal e ao BNDES. &ldquo;O dinheiro &eacute; fruto de um processo iniciado ainda em 2011 e j&aacute; est&aacute; liberado. Estamos aguardando os tramites do processo licitat&oacute;rio&rdquo;, explicou.<br />
<br />
O dinheiro ser&aacute; investido na constru&ccedil;&atilde;o da Companhia Independente de Opera&ccedil;&otilde;es Especiais de Palmas (CIOE); do 3&deg; Pelot&atilde;o Destacado do CIOE de Gurupi; da sede da Academia da Pol&iacute;cia Militar; e do Centro de Sa&uacute;de de Gurupi. Al&eacute;m disso, tamb&eacute;m ser&atilde;o realizados cursos de gest&atilde;o p&uacute;blica e haver&aacute; a aquisi&ccedil;&atilde;o de mobili&aacute;rios e equipamentos de inform&aacute;tica, mobili&aacute;rio e materiais b&eacute;licos.<br />
<br />
<u><strong>Valoriza&ccedil;&atilde;o profissional</strong></u><br />
<br />
Mesmo com tantos pontos negativos, ainda h&aacute; o que comemorar. De acordo com uma pesquisa realizada pelo Conselho Nacional de Secret&aacute;rios da Administra&ccedil;&atilde;o (Consad), divulgada em dezembro de 2012, o Tocantins &eacute; o primeiro do ranking dos estados que oferecem a melhor remunera&ccedil;&atilde;o para cabos da PM e terceiro para soldados. Atualmente o sal&aacute;rio inicial de um cabo &eacute; de R$ 3.778,71 e de um soldado &eacute; de 3.057,77.</span></div>

Comentários pelo Facebook: