Sobral – 300×100
Seet

Com mais de 500 postos de vacinação, campanha contra Poliomielite deve imunizar 120 mil crianças no TO

admin -

<div style="text-align: justify;">
<span style="font-size:14px;">Mais de 500 postos de vacina&ccedil;&atilde;o em todo o Tocantins estar&atilde;o dispon&iacute;veis neste s&aacute;bado, 8, para atender pais e respons&aacute;veis de crian&ccedil;as entre seis meses e cinco anos de idade para imuniza&ccedil;&atilde;o contra a paralisia infantil. &Eacute; o dia D de vacina&ccedil;&atilde;o contra a poliomielite.<br />
<br />
Para a campanha deste ano, o Tocantins disp&otilde;e de 250 mil doses para atender &agrave; expectativa de vacina&ccedil;&atilde;o de 125.800 crian&ccedil;as dos 139 munic&iacute;pios do Estado, conforme estipulado pelo Minist&eacute;rio da Sa&uacute;de.<br />
<br />
De acordo com a coordenadora de imuniza&ccedil;&atilde;o da Secretaria de Estado da Sa&uacute;de (Sesau), Marlene Alves, durante esta 34&ordf; campanha, somente as crian&ccedil;as maiores de seis meses receber&atilde;o as doses da vacina. At&eacute; ent&atilde;o, n&atilde;o havia uma idade m&iacute;nima para a vacina&ccedil;&atilde;o. &ldquo;Al&eacute;m da imuniza&ccedil;&atilde;o contra a poliomielite, as crian&ccedil;as poder&atilde;o aproveitar a oportunidade para atualizar as doses de outros tipos de vacina que estejam atrasadas&rdquo;, acrescenta.<br />
<br />
Ainda conforme a coordenadora, neste dia D da campanha v&atilde;o ser montados postos extras para a vacina&ccedil;&atilde;o. &ldquo;Durante o dia D a vacina&ccedil;&atilde;o tamb&eacute;m &eacute; realizada em locais como escolas, supermercados e outros a fim de levar a vacina mais perto da comunidade&rdquo;, explica.<br />
<br />
S&oacute; em Palmas, ser&atilde;o 64 pontos de vacina&ccedil;&atilde;o. Em todo o Estado o total &eacute; de 500 postos. O hor&aacute;rio de vacina&ccedil;&atilde;o &eacute; das 8h &agrave;s 17h. A campanha segue at&eacute; o pr&oacute;ximo dia 21 de junho.<br />
<br />
<u><strong>Cronograma de vacina&ccedil;&atilde;o</strong></u><br />
<br />
Todos os anos s&atilde;o realizadas duas campanhas de imuniza&ccedil;&atilde;o no Pa&iacute;s, sendo que esta &eacute; a primeira de 2013. Conforme informa&ccedil;&otilde;es do Minist&eacute;rio da Sa&uacute;de, a meta desta primeira etapa &eacute; imunizar 12 milh&otilde;es de crian&ccedil;as no Brasil. &ldquo;No Pa&iacute;s temos a vacina&ccedil;&atilde;o de rotina e a vacina&ccedil;&atilde;o de campanha, sendo duas anualmente. Atualmente, queremos trabalhar com a rotina. As campanhas, aos poucos, ser&atilde;o diminu&iacute;das para ficarmos s&oacute; com a vacina&ccedil;&atilde;o de rotina&rdquo;, explica.<br />
<br />
<u><strong>Sobre a Polio</strong></u><br />
<br />
Causada pelo poliov&iacute;rus selvagem, a poliomielite &eacute; caracterizada por febre, mal-estar, dor de cabe&ccedil;a e a possibilidade de paralisia. A vacina &eacute; a &uacute;nica forma eficaz de preven&ccedil;&atilde;o contra a doen&ccedil;a e a incid&ecirc;ncia de efeitos colaterais da vacina&ccedil;&atilde;o &eacute; extremamente rara, de acordo com a Secretaria de Estado da Sa&uacute;de.<br />
<br />
No Brasil n&atilde;o h&aacute; registro da doen&ccedil;a h&aacute; 24 anos, sendo que o &uacute;ltimo caso conhecido ocorreu em 1989. Mas o v&iacute;rus da poliomielite ainda circula em pa&iacute;ses da &Aacute;frica e da &Aacute;sia.</span></div>

Comentários pelo Facebook: