Seet
Sobral – 300×100

Pedreiro morre soterrado durante escavação de fossa em Araguaína

admin -

<div style="text-align: justify;">
<span style="font-size:14px;">ARAGUA&Iacute;NA – O pedreiro Devaldo Almeida Araujo, 41 anos, morreu na tarde de s&aacute;bado (08) soterrado ap&oacute;s o desmoronamento de uma fossa. &nbsp;A fatalidade ocorreu por volta das 15 horas na Avenida Goi&aacute;s,&nbsp; Setor Coimbra. O corpo s&oacute; foi retirado 2 horas depois.<br />
<br />
Segundo informa&ccedil;&otilde;es colhidas no local, &nbsp;o pedreiro Devaldo Ara&uacute;jo, seu irm&atilde;o Demerval&nbsp; e o ajudante Jos&eacute; Pimentel, estavam &nbsp;perfurando uma fossa ao lado de outra j&aacute; existente quando ocorreu o acidente fatal.</span><br />
<br />
<span style="font-size: 14px;">Segundo Demerval, irm&atilde;o da v&iacute;tima, &ldquo;ele [Devaldo Ara&uacute;jo] estava dentro da fossa e puxando o balde cheio de areia na carretilha&quot;. <em>&quot;Ai&nbsp; embarrancou e a areia caiu por cima. Ele ainda tentou levantar as m&atilde;os, mais sumiu na areia e na &aacute;gua</em>&rdquo;.</span><br />
<br />
<span style="font-size: 14px;">Conforme relatos de testemunhas, o Corpo de Bombeiros demorou ser acionado e chegou cerca de meia hora depois no local da ocorr&ecirc;ncia. A &aacute;gua foi retirada com baldes, as escava&ccedil;&otilde;es foram feitas com p&aacute; e enxada, e somente 1 hora ap&oacute;s o ocorrido um caminh&atilde;o Limpa Fossa chegou para esvaziar a cisterna ao lado.</span><br />
<br />
<span style="font-size:14px;">A v&iacute;tima foi localizada sem vida e retirada do buraco de cerca 3 metros de profunididade com auxi&iacute;io de cordas. No local o solo &eacute; arenoso e n&atilde;o havia t&aacute;buas para fazer a conten&ccedil;&atilde;o da terra. Dezenas de curiosos se aglomeram no local para acompanhar resgate do corpo.</span><br />
<br />
<span style="font-size: 14px;">O corpo foi encaminhado ao IML de Aragua&iacute;na.&nbsp; J&aacute; o propriet&aacute;rio do estabelecimento, onde tamb&eacute;m &eacute; uma resid&ecirc;ncia, n&atilde;o falou sobre o ocorrido. Apesar da falta de uma bomba para retirada imediata da &aacute;gua, o represenante do Corpo de Bomebeiros afirmou que n&atilde;o h&aacute; falta de equipamento adequados para este tipo de resgate.</span></div>

Comentários pelo Facebook: