Seet
Sobral – 300×100

PM intensifica ações e realiza 22 operações em Araguaína

admin -

<div style="text-align: justify;">
<span style="font-size:14px;">Seguno o Governo do Estado, a Pol&iacute;cia Militar est&aacute; intensificando o trabalho de preven&ccedil;&atilde;o e combate a viol&ecirc;ncia no munic&iacute;pio de Aragua&iacute;na. Dentre as a&ccedil;&otilde;es destacam-se a realiza&ccedil;&atilde;o de um mapeamento dos locais suscet&iacute;veis &agrave; pr&aacute;tica de crimes, incluindo abordagens constantes nestes locais. Outra a&ccedil;&atilde;o &eacute; a realiza&ccedil;&atilde;o de policiamento preventivo nestes locais, al&eacute;m da manuten&ccedil;&atilde;o do di&aacute;logo com as autoridades do munic&iacute;pio.<br />
<br />
De acordo com informa&ccedil;&otilde;es do Comando Geral da Pol&iacute;cia Militar do Estado, em aproximadamente 30 dias j&aacute; foram registrados 22 opera&ccedil;&otilde;es com a utiliza&ccedil;&atilde;o di&aacute;ria de mais de 15 viaturas com apoio de 30 policiais militares do efetivo Operacional e Administrativo. Al&eacute;m disso, tamb&eacute;m foram realizadas 8.927 abordagens em ve&iacute;culos e 12.359 abordagens &agrave; pessoa, tendo como intuito a localiza&ccedil;&atilde;o de drogas il&iacute;citas, armas de fogo, ve&iacute;culos roubados e pessoas envolvidas com o crime.<br />
<br />
Segundo a PM, com 23 ve&iacute;culos recuperados produtos de furto e roubo, dezenas de armas de fogo e muni&ccedil;&otilde;es e uma expressiva quantidade de drogas apreendidas, a Pol&iacute;cia Militar tem transformado o cen&aacute;rio araguainense, que foi estrategicamente tomada pela a&ccedil;&atilde;o policial militar e teve como foco decisivo o combate a qualquer princ&iacute;pio de movimenta&ccedil;&atilde;o suspeita que pudesse ocasionar em criminalidade. &ldquo;&Eacute; isso, avan&ccedil;amos um pouco mais contra o crime, estamos na dire&ccedil;&atilde;o certa para manter a cidade tranquila&rdquo;, declarou o Major Silva Neto, comandante do 2&ordm; Batalh&atilde;o.</span></div>

Comentários pelo Facebook: