Seet
Sobral – 300×100

Conselhos comunitários de segurança pública em Araguaína se reúnem com policiais militares

admin -

<div style="text-align: justify;">
<span style="font-size:14px;">Representantes de nove Conselhos Comunit&aacute;rios de Seguran&ccedil;a da cidade de Aragua&iacute;na-TO reuniram-se nesta ter&ccedil;a-feira, 18, com o Comando do 2&ordm; Batalh&atilde;o da Pol&iacute;cia Militar e equipe do Departamento de Pol&iacute;cia Comunit&aacute;ria da Secretaria de Seguran&ccedil;a P&uacute;blica, para discutirem medidas de seguran&ccedil;a para a cidade.<br />
<br />
Na ocasi&atilde;o, o presidente do CONSEG Central, doutor Dearley, falou sobre a import&acirc;ncia dos trabalhos das entidades que ao longo de mais de 16 anos encontram-se ativas e colaboram com a&ccedil;&otilde;es preventivas da criminalidade em parceria com as pol&iacute;cias e a iniciativa privada da cidade. A instala&ccedil;&atilde;o de um projeto de v&iacute;deo monitoramento no centro da cidade, em funcionamento, &eacute; fruto dessa parceria. &ldquo;Somos todos volunt&aacute;rios e estamos &agrave; disposi&ccedil;&atilde;o&rdquo;, disse.<br />
<br />
A professora Sara, do CONSEG da regi&atilde;o leste, que congrega 13 bairros, falou da efici&ecirc;ncia das a&ccedil;&otilde;es de preven&ccedil;&atilde;o da criminalidade realizadas. Na sua &aacute;rea, as a&ccedil;&otilde;es de preven&ccedil;&atilde;o &ldquo;reduziram em 54% a criminalidade, ap&oacute;s a implanta&ccedil;&atilde;o da Base Comunit&aacute;ria de Seguran&ccedil;a&rdquo;.<br />
<br />
O comandante do 2&ordf; Batalh&atilde;o, Major Silva Neto, agradeceu a voluntariedade da comunidade local, por entenderem que tamb&eacute;m s&atilde;o respons&aacute;veis pela seguran&ccedil;a p&uacute;blica e, colocou-se &agrave; disposi&ccedil;&atilde;o de todos, agendando reuni&otilde;es mensais com a comunidade para tratar de seguran&ccedil;a. Salientou ainda, sobre a opera&ccedil;&atilde;o &ldquo;fecha quartel&rdquo; que visa empregar o efetivo administrativo em opera&ccedil;&otilde;es na cidade.<br />
<br />
O diretor do Departamento de Pol&iacute;cia Comunit&aacute;ria, Coronel Jefferson Gadelha, atendendo a recomenda&ccedil;&atilde;o do secret&aacute;rio de Seguran&ccedil;a P&uacute;blica,&nbsp; Jos&eacute; Eli&uacute; de Andrada Jurubeba, refor&ccedil;ou a import&acirc;ncia da parceria entre os CONSEGS e os &oacute;rg&atilde;os de seguran&ccedil;a.<br />
<br />
Na reuni&atilde;o ficou acordado a realiza&ccedil;&atilde;o do programa &ldquo;Mulher Mais Consciente&rdquo;, que prev&ecirc; palestras de conscientiza&ccedil;&atilde;o sobre viol&ecirc;ncia dom&eacute;stica e, o lan&ccedil;amento da a&ccedil;&atilde;o &ldquo;Apito pela paz&rdquo;; tratou-se da realiza&ccedil;&atilde;o do Curso de Capacita&ccedil;&atilde;o de Agentes Comunit&aacute;rios de Seguran&ccedil;a (CCACS), que capacitar&aacute; pessoas da comunidade para integrarem a Rede Comunit&aacute;ria de Seguran&ccedil;a, visando a redu&ccedil;&atilde;o da viol&ecirc;ncia e criminalidade. Foi ainda sugerida uma poss&iacute;vel edi&ccedil;&atilde;o do programa: &ldquo;Crack, &eacute; poss&iacute;vel vencer&rdquo;, com a pactua&ccedil;&atilde;o entre Uni&atilde;o, Estado e o Munic&iacute;pio de Aragua&iacute;na.</span></div>

Comentários pelo Facebook: