Seet
Sobral – 300×100

Servidor público do TO acusado pela morte da jovem Lucielly Campos é afastado do cargo

admin -

<div style="text-align: justify;">
<span style="font-size:14px;"><u><strong>Da Reda&ccedil;&atilde;o</strong></u><br />
<br />
O servidor p&uacute;blico estadual Janiel Ferreira de Almeida Menezes, 31 anos, foi afastado de suas fun&ccedil;&otilde;es nesta quarta-feira, 17, em decorr&ecirc;ncia de ser o principal suspeito do homic&iacute;dio contra a jovem Luciely Silva Campos, 16 anos.<br />
<br />
O corpo da jovem foi encontrado no in&iacute;cio da noite de domingo na Praia do Porto, munic&iacute;pio de Anan&aacute;s, com sinais de afogamento e estrangulamento.<br />
<br />
Janiel trabalha em um posto fiscal da Adapec (Ag&ecirc;ncia de Defesa Agropecu&aacute;ria do Tocantins), no povoado de Antonina &agrave;s margens do Rio Araguaia. Ele &eacute; natural de Tocantin&oacute;polis, residiu em Aragua&iacute;na e h&aacute; alguns meses estava trabalhando no posto da Adapec, que fica pr&oacute;ximo a praia onde ocorreu o crime.<br />
<br />
O acusado desenvolve a fun&ccedil;&atilde;o desde 2005 no cargo de T&eacute;cnico Agropecu&aacute;rio. Janiel &eacute; concursado e ainda responder&aacute; a um processo administrativo no &oacute;rg&atilde;o e poder&aacute; ser exonerado.<br />
<br />
Na segunda-feira a Pol&iacute;cia Civil indiciou o servidor pelo crime e pediu sua pris&atilde;o provis&oacute;ria, mas o juiz indeferiu o pedido.</span></div>

Comentários pelo Facebook: