Sobral – 300×100
Seet

Araguainense é ouro em mundial de jiu-jitsu

admin -

<div style="text-align: justify;">
<span style="font-size:14px;">O araguainense James Alves, 42 anos, &eacute; o mais novo campe&atilde;o mundial de jiu-jitsu na categoria faixa branca s&ecirc;nior. O atleta subiu ao lugar mais alto do p&oacute;dio no campeonato mundial realizado na cidade de S&atilde;o Paulo, de 18 a 21 de julho. Aragua&iacute;na tamb&eacute;m foi representada no p&oacute;dio por Rog&eacute;rio Vieira, 29, que foi o vice-campe&atilde;o da categoria faixa branca master.<br />
<br />
Para o coordenador da equipe Amazon Fight Team, Roniedson Andrade, o apoio do poder p&uacute;blico municipal foi fundamental para que a equipe sa&iacute;sse vitoriosa do mundial. <em>&ldquo;Estamos muito felizes e queremos agradecer &agrave; Prefeitura de Aragua&iacute;na e &agrave; Secretaria de Esportes, Cultura e Lazer pelo grande apoio nesse evento. E, ainda, aproveitar para parabenizar a iniciativa do Bolsa Atleta, que possibilitar&aacute; novas conquistas&rdquo;</em>, finalizou o atleta.<br />
<br />
De acordo com ele, a delega&ccedil;&atilde;o de Aragua&iacute;na era a que tinha menos lutadores, mas foi a mais surpreendente. <em>&ldquo;&Eacute;ramos a menor delega&ccedil;&atilde;o, com quatro competidores, mas sa&iacute;mos com um campe&atilde;o e um vice-campe&atilde;o. Tinham delega&ccedil;&otilde;es com 40 competidores e n&atilde;o ganharam nenhuma medalha. Estamos muito felizes com nossos resultados&rdquo;</em>, afirma Andrade.<br />
<br />
Ainda de acordo com Andrade, um atraso no in&iacute;cio do evento impossibilitou que um dos nossos competidores pudesse esperar as duas lutas finais. <em>&ldquo;Poder&iacute;amos ter mais medalhas, infelizmente o atleta Hewerty Max, da categoria faixa branca iniciante, n&atilde;o concluiu as lutas, mas tinha grandes chances de sair campe&atilde;o&rdquo;</em>, apontou o coordernador, que tamb&eacute;m competiu na categoria faixa preta profissional.</span></div>

Comentários pelo Facebook: