Sobral – 300×100
Seet

Prefeitura promete sistema de monitoramento eletrônico no centro comercial de Araguaína

admin -

<div style="text-align: justify;">
<span style="font-size:14px;">Ap&oacute;s a manifesta&ccedil;&atilde;o da classe empresarial de Aragua&iacute;na, na &uacute;ltima ter&ccedil;a-feira (23), cobrando &quot;mais seguran&ccedil;a e menos impostos&quot;, a Prefeitura j&aacute; sinalizou que ir&aacute; atender as reivindica&ccedil;&otilde;es.<br />
<br />
Segundo informou &agrave; impresa, ainda este ano, a regi&atilde;o central do com&eacute;rcio de Aragua&iacute;na receber&aacute; a primeira etapa de implanta&ccedil;&atilde;o do sistema de monitoramento. Ser&atilde;o 20 c&acirc;meras de alta resolu&ccedil;&atilde;o, com 360&ordm; de rota&ccedil;&atilde;o e 600 metros de alcance. <em>&ldquo;As especifica&ccedil;&otilde;es t&eacute;cnicas s&atilde;o as mais avan&ccedil;adas do mercado para obtermos imagens de qualidade&rdquo;,</em> corrobora o secret&aacute;rio de Planejamento, Bruno Rangel.<br />
<br />
<u><strong>Avenidas contempladas</strong></u><br />
<br />
Segundo a Prefeitura, a transmiss&atilde;o de dados ser&aacute; feita via fibra &oacute;tica, que inicialmente ser&aacute; instalada na Avenida Filad&eacute;lfia, Marginal Neblina, Avenida C&ocirc;nego Jo&atilde;o Lima, Avenida Castelo Branco, Avenida Campos El&iacute;sios e Via Norte. &ldquo;Destes pontos sair&atilde;o ramais para todos os pr&eacute;dios p&uacute;blicos da prefeitura. E com este sistema instalado, a amplia&ccedil;&atilde;o da rede ser&aacute; bem mais r&aacute;pida e econ&ocirc;mica&rdquo;, afirma o prefeito Ronaldo Dimas.<br />
<br />
O sistema faz parte dos compromissos de governo propostos pelo prefeito ainda no per&iacute;odo de campanha. Segundo Ronaldo, por se tratar de um projeto complexo, o tempo para elabora&ccedil;&atilde;o foi mais longo, mas a gest&atilde;o sempre manteve os trabalhos cont&iacute;nuos. <em>&ldquo;Um dos principais anseios da comunidade e dos comerciantes &eacute; a seguran&ccedil;a p&uacute;blica e o munic&iacute;pio assumir&aacute; sua responsabilidade e dar&aacute; sua contribui&ccedil;&atilde;o para o bem estar de todos&rdquo;</em>, assegura Ronaldo.<br />
<br />
<u><strong>Processo</strong></u><br />
<br />
conforme a Prefeitura, a projeto do sistema de monitoramento est&aacute; pronto e agora segue para os processos licitat&oacute;rios, no sistema de Ata de Registro de Pre&ccedil;os. Ser&atilde;o duas licita&ccedil;&otilde;es: uma para a aquisi&ccedil;&atilde;o e instala&ccedil;&atilde;o da rede de fibras &oacute;ticas, e outra para a compra de c&acirc;meras, softwares, sala de controle, servidores e demais equipamentos. A prefeitura estima que esta primeira etapa do sistema deva custar entre R$ 700 mil e R$ 1 milh&atilde;o.<br />
<br />
<em>&ldquo;&Eacute; importante lembrar que neste sistema de registro de pre&ccedil;os, vamos prever equipamentos para o projeto todo. Contudo, vamos adquirindo conforme as etapas de instala&ccedil;&atilde;o&rdquo;</em>, explica o secret&aacute;rio Bruno.<br />
<br />
<em>&ldquo;E se conseguirmos concretizar a parceria que propomos ao Estado, por meio do Detran, poderemos aumentar o n&uacute;mero de c&acirc;meras, por exemplo&rdquo;</em>, completa o prefeito. O projeto total da prefeitura inclui cerca de 80 c&acirc;meras de vigil&acirc;ncia, com pontos tamb&eacute;m nas sa&iacute;das da cidade. Esta etapa deve durar cerca de 120 dias: 30 dias para as licita&ccedil;&otilde;es e 90 dias para a implanta&ccedil;&atilde;o.<br />
<br />
<u><strong>Opera&ccedil;&atilde;o</strong></u></span><br />
<br />
<span style="font-size: 14px;">A meta da Prefeitura &eacute; garantir a seguran&ccedil;a de comerciantes e cidad&atilde;os por meio de um trabalho integrado do monitoramento com a Pol&iacute;cia Militar. &ldquo;Inclusive, para operar a sala de controle, proporemos uma parceria com a PM, dando prefer&ecirc;ncia para cadeirantes&rdquo;, informa o secret&aacute;rio. Os trabalhos iniciais incluem um servi&ccedil;o de intelig&ecirc;ncia para levantar os pontos estrat&eacute;gicos para a instala&ccedil;&atilde;o das c&acirc;meras e a escolha do local para a central de vigil&acirc;ncia. &ldquo;Outro ponto vantajoso &eacute; que as fibras &oacute;ticas tamb&eacute;m poder&atilde;o conduzir outros tipos de dados. Isto contribui para o desenvolvimento de uma Cidade Digital, previsto no programa Aragua&iacute;na Conectada&rdquo;, refor&ccedil;a Ronaldo.</span></div>

Comentários pelo Facebook: