Protesto reúne 4 mil pessoas em Colinas; governador e prefeito são alvos de críticas

admin -

<div style="text-align: justify;">
<span style="font-size:14px;"><u>Da Reda&ccedil;&atilde;o</u><br />
<br />
Uma multid&atilde;o atendeu o chamado da Associa&ccedil;&atilde;o Comercial e Industrial de Colinas (Acicolinas) e foram &agrave;s ruas nesta quarta-feira (4). O protesto entra para a hist&oacute;ria da cidade como o maior evento apol&iacute;tico que cobrou melhorias na sa&uacute;de, educa&ccedil;&atilde;o, ind&uacute;stria e desenvolvimento.<br />
<br />
O Manifesto pedia a aten&ccedil;&atilde;o dos poderes p&uacute;blicos diante dos problemas socioecon&ocirc;micos vividos por Colinas. Diferente do que tem ocorrido nas principais capitais do Pa&iacute;s, onde o vandalismo tem manchado a festa da democracia, em Colinas, o manifesto teve como marca a civilidade dos participantes e empres&aacute;rios. Outra marca do evento foi o forte protesto contra governo do Tocantins e do munic&iacute;pio.<br />
<br />
O movimento apartid&aacute;rio foi o maior j&aacute; visto em Colinas onde foi realizado com carros de som, faixas e convites para o evento. Na pauta das cr&iacute;ticas est&atilde;o os pedidos pela aten&ccedil;&atilde;o &agrave; sa&uacute;de publica, educa&ccedil;&atilde;o, pagamento do piso salarial dos professores, melhorias no Parque Industrial, economia e a, mais pol&ecirc;mica, pedindo que o prefeito fa&ccedil;a as compras nos estabelecimentos comerciais da cidade e pague em dia os fornecedores.<br />
<br />
No desfecho do movimento foi lida uma carta aberta aos manifestantes e encerrou com um Hino Nacional.</span></div>

Comentários pelo Facebook: