Seet
Sobral – 300×100

Empresas vão construir pontos de ônibus, táxi e mototáxi em troca dos espaços publicitários

admin -

<div style="text-align: justify;">
<span style="font-size:14px;">ARAGUA&Iacute;NA (TO) – A Lei Municipal n&ordm; 2.861, de 5 de setembro, autoriza o Poder Executivo de Aragua&iacute;na a realizar parcerias com a iniciativa privada para padronizar os pontos de &ocirc;nibus, motot&aacute;xi e t&aacute;xi. A lei projeta os pontos com informa&ccedil;&otilde;es &uacute;teis a exemplo de hor&aacute;rios, mapas e itiner&aacute;rios das linhas oferecidas pelo sistema e tamb&eacute;m com lixeiras, banco e cobertura para proteger o cidad&atilde;o que aguarda no ponto.&nbsp;<br />
<br />
O projeto que deu origem &agrave; lei &eacute; de autoria do vereador Terciliano Gomes. Para ele, &ldquo;a cria&ccedil;&atilde;o da lei equipara Aragua&iacute;na aos grandes centros, al&eacute;m de aquecer a economia e embelezar a cidade&rdquo;. O vereador tamb&eacute;m citou que a lei n&atilde;o impede que a constru&ccedil;&atilde;o dos pontos tamb&eacute;m possa ser feita pelas associa&ccedil;&otilde;es e cooperativas de taxistas e mototaxistas, que t&ecirc;m a oportunidade de obter renda pr&oacute;pria com a venda de publicidades, por exemplo&rdquo;.<br />
<br />
<u><strong>Parceria</strong></u><br />
<br />
Em breve, editais de licita&ccedil;&otilde;es com pacotes mistos de localidades ser&atilde;o abertos para a constru&ccedil;&atilde;o dos pontos. Os pacotes ser&atilde;o montados de maneira a n&atilde;o privilegiar uma &uacute;nica empresa apenas com pontos do centro da cidade.<br />
<br />
De acordo com a lei, as empresas interessadas confeccionar&atilde;o os pontos e em contrapartida poder&atilde;o exibir publicidades por um per&iacute;odo de seis anos, prorrog&aacute;veis por mais 12.<br />
<br />
Os espa&ccedil;os para propaganda ser&atilde;o distribu&iacute;dos entre as empresas parceiras (65%), poderes Executivo (20%) e Legislativo municipais (15%). As publica&ccedil;&otilde;es dos dois poderes dever&atilde;o ser de car&aacute;ter educativo e informativo. N&atilde;o ser&aacute; permitida a exibi&ccedil;&atilde;o de propaganda pol&iacute;tico-partid&aacute;ria nem de pessoas f&iacute;sicas.<br />
<br />
&ldquo;Entendemos que o araguainense merece essa comodidade ao utilizar o transporte coletivo no Munic&iacute;pio&rdquo;, finalizou Ronaldo Dimas.</span></div>

Comentários pelo Facebook: