Senadora Katia Abreu mostra interesse em se filiar ao PMDB, mas com a condição de assumir presidência

admin -

<div style="text-align: justify;">
<span style="font-size:14px;"><u>Da Reda&ccedil;&atilde;o</u><br />
<br />
A senadora K&aacute;tia Abreu (PSD) &eacute; a mais nova candidata a ir para o PMDB no Tocantins, no entanto, com uma condi&ccedil;&atilde;o: que o partido fique sob o seu comando.<br />
<br />
Conforme o deputado federal Junior Coimbra, presidente estadual do partido, foi informado pelo presidente nacional da legenda, Valdir Raupp, que a senadora tem interesse em se filiar &agrave; sigla, mas, que ela s&oacute; vir&aacute;, se fosse para ocupar o cargo de presidente.<br />
<br />
Para Coimbra, a senadora procurou o caminho errado para se filiar ao PMDB. E com essa perspectiva, K&aacute;tia s&oacute; assume a presid&ecirc;ncia do partido se for mediante uma interven&ccedil;&atilde;o, de cima pra baixo. <em>&ldquo;Como &eacute; que eu vou chegar numa casa que n&atilde;o &eacute; a minha e vou querer escolher o quarto onde eu quero dormir?&rdquo;</em>, questionou.<br />
<br />
Na tarde de quarta-feira (11) a senadora participou de uma reuni&atilde;o com Valdir Raupp e os peemedebistas do grupo &ldquo;PMDB Aut&ecirc;ntico&rdquo;, ligados ao ex-governador Marcelo Miranda.<br />
<br />
Diante da crise no partido, os membros do &#39;PMDB Aut&ecirc;ntico&#39; definir&atilde;o no pr&oacute;ximo dia 25 se permanecem ou n&atilde;o na sigla, data limite para que a Executiva Nacional apresente&nbsp; uma solu&ccedil;&atilde;o para o conflito entre o grupo de Junior Coimbra e Marcelo Miranda.</span></div>

Comentários pelo Facebook: