Mamom, o senhor do dinheiro

admin -

<div style="text-align: justify;">
<span style="font-size:14px;"><u>Jo&atilde;o Gomes da Silva</u><br />
<em>Opini&atilde;o</em><br />
<br />
Os antigos Filisteus, povo que viveu na orla do Mediterr&acirc;neo, cultuavam uma divindade chamada: &quot;Mamom&quot;, deus da riqueza, dos bens materiais, do dinheiro. Jesus fez refer&ecirc;ncia a essa divindade no Serm&atilde;o da Montanha, orientando os seus disc&iacute;pulos a n&atilde;o servir a dois senhores, quando afirmou: &quot;- N&atilde;o podeis servir a Deus e a Mamam&rdquo;. (Mateus. 6: 24).<br />
<br />
Tradutores de algumas vers&otilde;es da b&iacute;blia substitu&iacute;ram o nome pr&oacute;prio dessa divindade filist&eacute;ia (Mamom), pela palavra riquezas, o que n&atilde;o deixa de ser uma agress&atilde;o ao texto original e inaceit&aacute;vel pelo princ&iacute;pio gramatical que n&atilde;o autoriza traduzir nome pr&oacute;prio, e sim transliterar. Como pode as escrituras consideradas sagradas sofrerem tantas altera&ccedil;&otilde;es nas m&atilde;os desses &ldquo;camel&ocirc;s de b&iacute;blias?&rdquo;.<br />
<br />
Mas, digamos que mesmo agredindo o texto original, o tradutor quis com isso, orientar os estudantes do texto sagrado, a viver um tipo de amor exclusivo a Deus, onde o desejo excessivo pelo ac&uacute;mulo de bens materiais n&atilde;o encontre espa&ccedil;o nessa rela&ccedil;&atilde;o divino-humana. Parece que foi isso que os franciscanos entenderam igualmente a madre Tereza de Calcut&aacute;, Tolstoi, Santo Agostinho e outros, que fizeram do isolamento em mosteiros e da abnega&ccedil;&atilde;o da vida luxuosa, um estilo de vida que os tornou diferentes de muitos religiosos.<br />
<br />
Entretanto, o que Jesus queria mesmo dizer? Ser&aacute; que para se servir a Deus tem que se viver mesmo na extrema pobreza?<br />
<br />
N&atilde;o posso entender assim, pois a hermen&ecirc;utica n&atilde;o conduz a esse tipo de interpreta&ccedil;&atilde;o. No texto em refer&ecirc;ncia, Jesus diz: &ldquo;- N&atilde;o podeis servir a dois senhores&rdquo;.<br />
<br />
Veja o verbo servir. Isso implica em subservi&ecirc;ncia, submiss&atilde;o, situa&ccedil;&atilde;o de servi&ccedil;al, escravo, subjugado.<br />
<br />
Ora, o que Jesus est&aacute; orientando aos seus seguidores com base nessa advert&ecirc;ncia &eacute; da necessidade de se fugir de tudo aquilo que as riquezas &ldquo;podem causar de mal&rdquo;, como a arrog&acirc;ncia, avareza, a lux&uacute;ria, o&nbsp; poder econ&ocirc;mico, suborno, subjugar as pessoas a partir de suas necessidades ess&ecirc;ncias. E, ainda, das mazelas do sistema econ&ocirc;mico religioso em que, infelizmente, muitos est&atilde;o envolvidos.<br />
<br />
A quem esses caciques religiosos est&atilde;o servindo? Em que se fundamentam suas brigas? Em qual tipo de vis&atilde;o e objetivos est&atilde;o ligados? S&atilde;o mesmo representantes de Deus aqui na terra? A transpira&ccedil;&atilde;o deles tem poder de curar ou est&aacute; contaminada pela qu&iacute;mica da gan&acirc;ncia do capitalismo religioso?<br />
<br />
Acredito que, com rar&iacute;ssimas exce&ccedil;&otilde;es, s&atilde;o todos farinha do mesmo saco, gigantes doentes, le&otilde;es famintos, manipuladores saturados pelo mesmo sentimento, desprovidos do Deus e da Verdade, servindo n&atilde;o a Deus Alt&iacute;ssimo, mas sim, ao deus Mamom.</span></div>

Comentários pelo Facebook: