Sobral – 300×100
Seet

Base governista usa brechas para tentar boicotar projetos da oposição; vereadora Silvinia chama de 'perseguição'

admin -

<div style="text-align: justify;">
<span style="font-size:14px;"><u>Da Reda&ccedil;&atilde;o</u><br />
<br />
A queda de bra&ccedil;o entre oposi&ccedil;&atilde;o e situa&ccedil;&atilde;o se torna cada vez mais evidente na C&acirc;mara Municipal de Aragua&iacute;na.<br />
<br />
Desta vez, o vereador Divino Beth&acirc;nia (PROS) pediu vistas dos dois Projetos de Lei de autoria da parlamentar Silvinia do Sintet (PT) que estavam na pauta de vota&ccedil;&otilde;es desta segunda-feira (7). Antes disso, Xeroso j&aacute; havia tamb&eacute;m pedido vistas.<br />
<br />
Um deles, o PL n&ordm; 66/2013 disp&otilde;e sobre a cria&ccedil;&atilde;o de Feira Liter&aacute;ria de Aragua&iacute;na, e o outro, PL n&ordm; 68/2013, autoriza o Poder P&uacute;blico criar o Programa Aragua&iacute;na sem Mis&eacute;ria.<br />
<br />
Segundo a vereadora Silvinia, o pedido de vistas foi &ldquo;sem motivos&rdquo;, apenas &ldquo;alegando que projeto autorizativo estaria entrando na compet&ecirc;ncia do Executivo&rdquo;.&nbsp; <em>&ldquo;Est&aacute; demonstrada a queda de bra&ccedil;o. Os projetos s&atilde;o bons, n&atilde;o tem como justificar o voto contr&aacute;rio e ficam pedindo vistas&rdquo;</em>, criticou.<br />
<br />
A parlamentar acredita que a &ldquo;base est&aacute; sendo orientada a ficar pedindo vistas at&eacute; desgastar para depois votar contr&aacute;rio ao projeto usando alguma justificativa que n&atilde;o conv&eacute;m&rdquo;. <em>&ldquo;De toda forma cercearam minha fala, inclusive chamando para o encerramento da sess&atilde;o&rdquo;</em>, afirmou.<br />
<br />
Silvinia garantiu que continuar&aacute; fazendo projetos por entender que o parlamentar deve ser propositivo e levar os anseios da comunidade ao prefeito. <em>&ldquo;Tenho interesse que a cidade de Araguaina se desenvolva ainda mais intelectualmente e culturalmente&rdquo;</em>, disse.<br />
<br />
A vereadora classificou a a&ccedil;&atilde;o como tentativa de &ldquo;boicotar&rdquo; seus projetos. <em>&ldquo;Todos os outros s&atilde;o votados, inclusive autorizativos, porqu&ecirc; os meus n&atilde;o s&atilde;o votados? Nossos jovens est&atilde;o sem perspectivas a n&atilde;o ser os barzinhos. De posse de um projeto autorizativo o prefeito poderia at&eacute; inclu&iacute;-lo no PPA&rdquo;</em>, sugeriu.<br />
<br />
<em>&ldquo;O benef&iacute;cio para a prefeitura &eacute; muito grande com custo praticamente zero.&nbsp;</em></span><span style="font-size: 14px;"><em>&Eacute; lament&aacute;vel criar uma situa&ccedil;&atilde;o de persegui&ccedil;&atilde;o em um projeto de tamanha relev&acirc;ncia. Acho isso pequeno para a pol&iacute;tica do nosso munic&iacute;pio. Quando vem bons projetos do Executivo eu voto favor&aacute;vel, mas a rec&iacute;proca n&atilde;o &eacute; verdadeira&rdquo;</em>, desabafou Silvinia.</span><br />
<br />
<span style="font-size:14px;">Apesar do pedido de vistas, o vereador da base Abr&atilde;o Ara&uacute;jo Pinto (PRTB) j&aacute; manifestou seu voto favor&aacute;vel ao projeto e se posicionou contra o pedido de vista.<br />
<br />
<u><strong>Outros projetos vetados</strong></u><br />
<br />
Outros tr&ecirc;s Projetos de Lei da vereadora Silvinia do Sintet tiveram recentemente o veto do prefeito mantido pela C&acirc;mara, mesmo ap&oacute;s terem sido aprovados por unanimidade.<br />
<br />
S&atilde;o eles o PL n&ordm; 2863 que disp&otilde;e sobre a cria&ccedil;&atilde;o do programa Aragua&iacute;na em A&ccedil;&atilde;o; o PL n&ordm; 2864 dispondo sobre a cria&ccedil;&atilde;o da Escola Municipal de Dan&ccedil;as e Artes C&ecirc;nicas e o Projeto n&ordm; 2865 que autoriza a cria&ccedil;&atilde;o do Centro de Referencia dos Direitos Humanos e&nbsp; Equidade de Aragua&iacute;na.</span></div>

Comentários pelo Facebook: