Seet
Sobral – 300×100

Candidatos se preparam para provas do concurso dos Bombeiros

admin -

<div style="text-align: justify;">
<span style="font-size:14px;">As provas do concurso p&uacute;blico do Corpo de Bombeiros Militar do Tocantins v&atilde;o ser aplicadas no pr&oacute;ximo domingo, 10 de novembro. Para saber o local das provas, os candidatos devem acessar o site da empresa organizadora do certame (<a href="http://www.consulplan.net" target="_blank"><u><strong>www.consulplan.net</strong></u></a>), com o n&uacute;mero de inscri&ccedil;&atilde;o e CPF.&nbsp;<br />
<br />
Ao todo, 10.500 pessoas se inscreveram no concurso. Os candidatos concorrem a 100 vagas, sendo 90 para o sexo masculino e 10 para o feminino. A concorr&ecirc;ncia registrada ficou em 202,3 candidatas por vaga e 94,1 candidatos por vaga.<br />
<br />
Na reta final de prepara&ccedil;&atilde;o para as provas, as salas de aula est&atilde;o lotadas de alunos com um desejo em comum: a aprova&ccedil;&atilde;o. Em um dos cursinhos preparat&oacute;rios da Capital, mais de 300 candidatos se inscreveram, como Alan Carlos, que foca os estudos para a carreira militar.&nbsp; <em>&ldquo;Se Deus quiser vou passar. Tenho de manter a calma, porque a ansiedade &eacute; boa, mas &agrave;s vezes atrapalha. Vou passo a passo para poder alcan&ccedil;ar meu objetivo&rdquo;</em>, garantiu o candidato.<br />
<br />
Vanderleia Castro Ara&uacute;jo est&aacute; h&aacute; um ano estudando para concursos p&uacute;blicos. Conseguiu a aprova&ccedil;&atilde;o na primeira fase no certame da Pol&iacute;cia Militar, mas foi reprovada no exame de capacidade f&iacute;sica. <em>&ldquo;Passei mal e reprovei no teste f&iacute;sico. Minha expectativa &eacute; de supera&ccedil;&atilde;o na prova de domingo&rdquo;</em>, explica a estudante que al&eacute;m do per&iacute;odo que est&aacute; no cursinho, estuda por mais quatro horas.<br />
<br />
Al&eacute;m da dedica&ccedil;&atilde;o aos estudos, Brenda de Freitas investiu mais de R$ 1 mil na prepara&ccedil;&atilde;o para o Concurso dos Bombeiros. Al&eacute;m do cursinho e material did&aacute;tico, a concurseira tem personal trainer e faz aulas de nata&ccedil;&atilde;o. <em>&ldquo;Nesta &uacute;ltima semana estou revisando bastante, fazendo muitos exerc&iacute;cios, porque como a concorr&ecirc;ncia feminina est&aacute; bem alta, a prepara&ccedil;&atilde;o tem que ser muito maior. Est&aacute; mais dif&iacute;cil para as mulheres, mas estou bem confiante, acho que dessa vez vai dar certo</em>&rdquo;, disse.<br />
<br />
<u><strong>Provas</strong></u><br />
<br />
Os candidatos far&atilde;o prova simultaneamente em Palmas, Aragua&iacute;na e Gurupi, entre 13 h e 18h, seguindo o hor&aacute;rio do Estado. O presidente da Comiss&atilde;o do Concurso de Soldados do Corpo de Bombeiros, tenente coronel Reginaldo Leandro da Silva, ressalta que os inscritos devem chegar com uma hora de anteced&ecirc;ncia, com documento de identidade original com foto, comprovante de inscri&ccedil;&atilde;o ou do comprovante de pagamento da inscri&ccedil;&atilde;o, al&eacute;m de caneta azul ou preta e n&atilde;o devem levar objetos eletr&ocirc;nicos ao local das provas. <em>&ldquo;Os candidatos n&atilde;o devem levar objetos como c&acirc;mera fotogr&aacute;fica, celulares, smartphones, ipads e rel&oacute;gios, e n&atilde;o devem estar usando bon&eacute;s ou chap&eacute;us. Est&aacute; proibida a utiliza&ccedil;&atilde;o deles durante a realiza&ccedil;&atilde;o da prova, e se algum candidato, porventura, estiver com algum aparelho durante a realiza&ccedil;&atilde;o da prova ser&aacute; eliminado do certame&rdquo;,</em> frisou.<br />
<br />
Cerca de 800 profissionais estar&atilde;o envolvidos nesta primeira etapa do concurso. O gabarito preliminar ser&aacute; divulgado no dia seguinte a aplica&ccedil;&atilde;o das provas.<br />
<br />
<u><strong>Altera&ccedil;&atilde;o no edital</strong></u><br />
<br />
O tenente coronel Leandro adiantou aos candidatos que foi retirada do edital do concurso a prova Subida na Corda, que fazia parte do exame de capacidade f&iacute;sica. <em>&ldquo;Foi eliminada a Subida da Corda por entendermos que n&atilde;o h&aacute; a necessidade de se realizar a prova neste momento, pois se trata de uma atividade que necessita de um treinamento mais espec&iacute;fico e que ser&aacute; feito no decorrer do curso no Corpo de Bombeiros&rdquo;</em>, ressaltou. (Colaborou Shara Rezende)</span></div>

Comentários pelo Facebook: