Seet
Sobral – 300×100

Novo maquinário reaproveita asfalto antigo em nova pavimentação

admin -

<div style="text-align: justify;">
<span style="font-size: 14px;">Economia de recursos e agilidade nos trabalhos. Estas s&atilde;o as principais caracter&iacute;sticas da Recicladora de Asfalto, maquin&aacute;rio que come&ccedil;ou a funcionar na manh&atilde; desta sexta-feira, 8, na rua Porto Alegre, no bairro S&atilde;o Jo&atilde;o, em Aragua&iacute;na. O prop&oacute;sito desse equipamento &eacute; utilizar o pavimento antigo das ruas sem condi&ccedil;&otilde;es de recupera&ccedil;&atilde;o para formar a base que receber&aacute; o asfalto usinado. &ldquo;<em>Esta tecnologia significa economia do dinheiro p&uacute;blico porque ao inv&eacute;s de adquirirmos o material de base, temos o reaproveitamento. Sem falar da rapidez, j&aacute; que o material j&aacute; est&aacute; na rua que receber&aacute; as obras&rdquo;</em>, explica o prefeito Ronaldo Dimas.</span><br />
<br />
<span style="font-size: 14px;"><u><strong>O servi&ccedil;o</strong></u></span><br />
<br />
<span style="font-size:14px;">O processo &eacute; simples, mas eficaz. A m&aacute;quina &eacute; nivelada e acoplada a um caminh&atilde;o pipa, que acrescenta &aacute;gua no material que formar&aacute; a base. Conforme ela avan&ccedil;a, o asfalto antigo &eacute; triturado e misturado com outro componente e vai formando a base. <em>&ldquo;Na sequ&ecirc;ncia, um rolo compressor compacta o material v&aacute;rias vezes e garante uma base s&oacute;lida para receber o asfalto usinado&rdquo;</em>, completa o secret&aacute;rio de Infraestrutura, Sim&atilde;o Moura F&eacute;. As ruas Humberto Campos e 2 de Abril tamb&eacute;m est&atilde;o previstas para receber as mesmas obras.</span><br />
<br />
<u><strong><span style="font-size: 14px;">Aprova&ccedil;&atilde;o</span></strong></u><br />
<br />
<span style="font-size:14px;">H&aacute; 33 anos morando na Rua Porto Alegre, no Bairro S&atilde;o Jo&atilde;o, a dona de casa Severina Campelo, de 64 anos, acredita que a melhoria ser&aacute; duradoura. <em>&ldquo;Desde que me mudei pra c&aacute; enfrentamos os problemas dos buracos. Mas agora vendo esse trabalho fico muito agradecida pela Prefeitura olhar para o nosso bairro&rdquo;</em>, conta.<br />
<br />
Para deixar a rua padronizada, os maquin&aacute;rios nivelaram as sarjetas para que a &aacute;gua da chuva possa fluir sem obst&aacute;culos e para que as constru&ccedil;&otilde;es n&atilde;o invadam a rua e danifiquem o novo asfalto. <em>&ldquo;Neste ponto precisaremos muito da ajuda dos moradores. As entradas das garagens dever&atilde;o ser rebaixadas da cal&ccedil;ada para dentro. N&atilde;o permitiremos rampas na sarjeta porque isso vai prejudicar o pavimento&rdquo;</em>, lembra Ronaldo.<br />
<br />
A costureira Filad&eacute;lfia Sousa Lima entendeu o recado e apoiou a iniciativa da Prefeitura. <em>&ldquo;Com certeza este trabalho tem tudo para ser definitivo&rdquo;</em>, comentou a moradora.</span><br />
<br />
<u><strong><span style="font-size: 14px;">Mais colabora&ccedil;&atilde;o</span></strong></u><br />
<br />
<span style="font-size:14px;">A durabilidade das novas pavimenta&ccedil;&otilde;es e a agilidade dos trabalhos tamb&eacute;m depender&atilde;o da colabora&ccedil;&atilde;o dos cidad&atilde;os. &ldquo;<em>N&atilde;o podemos admitir &aacute;gua servida mais. Estamos aplicando tecnologias de ponta na recupera&ccedil;&atilde;o das ruas, tanto no maquin&aacute;rio quanto no material (asfalto usinado). Precisamos desta ajuda para cuidar da cidade&rdquo;</em>, alerta Dimas.<br />
<br />
Entulhos nas cal&ccedil;adas e lixos colocados fora de hora tamb&eacute;m ser&atilde;o prejudiciais para a conserva&ccedil;&atilde;o do pavimento, uma vez que poder&atilde;o ser arrastados pelas &aacute;guas das chuvas, entupindo bueiros e causando alagamentos. &ldquo;<em>Os entulhos tamb&eacute;m emperram os trabalhos da Secretaria de Infraestrutura porque muitas vezes o pessoal deposita os materiais na rua&rdquo;</em>, completa Sim&atilde;o.</span></div>

Comentários pelo Facebook: