Sobral – 300×100
Seet

‘Não existe no Brasil atendimento melhor do que o Hospital Regional de Araguaína dá’, afirma Siqueira Campos

admin -

<div style="text-align: justify;">
<span style="font-size:14px;"><u>Arnaldo Filho</u><br />
<em>AF Not&iacute;cias</em><br />
<br />
Apesar dos problemas constantes que s&atilde;o denunciados na&nbsp; imprensa, como a superlota&ccedil;&atilde;o, falta de medicamentos e infraestrutura prec&aacute;ria,&nbsp; o governador do Tocantins, Siqueira Campos (PSDB), afirmou que&nbsp; &quot;n&atilde;o existe no Brasil atendimento melhor do que o Hospital Regional de Aragua&iacute;na d&aacute;&rdquo;.<br />
<br />
Para o governador, tamb&eacute;m &ldquo;n&atilde;o existe melhor condi&ccedil;&atilde;o&rdquo; do que a ofertada no HRA. &ldquo;Agora ainda &eacute; dif&iacute;cil, &eacute;. Em toda parte do Brasil &eacute; dif&iacute;cil&quot;, ressaltou Siqueira.<br />
<br />
O governador afirmou ainda que &ldquo;ningu&eacute;m tem direito de lhe cobrar nada&rdquo;, pois sempre cumpriu com suas promessas e foi o criador do Tocantins, do Hospital Regional e ser&aacute; o criador da Regi&atilde;o Metropolitana de Aragua&iacute;na.<br />
<br />
As declara&ccedil;&otilde;es foram feitas durante a assinatura da ordem de servi&ccedil;o para in&iacute;cio das obras de constru&ccedil;&atilde;o do novo Hospital Geral de Aragua&iacute;na, que est&aacute; or&ccedil;ado em R$ 160 milh&otilde;es. A previs&atilde;o &eacute; que a constru&ccedil;&atilde;o termine no in&iacute;cio de 2017.<br />
<br />
Mesmo tendo o &ldquo;melhor atendimento do Brasil&rdquo;, recentemente o <em>AF Not&iacute;cias</em> mostrou um flagrante no Hospital Regional onde pacientes estavam deitados nos corredores da Ala Psiqui&aacute;trica.<br />
<br />
A Promotora que atua na Sa&uacute;de P&uacute;blica, Araina D&rsquo;Alessandro, afirmou que o Estado tinha at&eacute; esta quarta-feira (13) para enviar as informa&ccedil;&otilde;es sobre a den&uacute;ncia. <em>&ldquo;Foi solicitada informa&ccedil;&otilde;es &agrave; Secretaria Estadual de Sa&uacute;de sobre quem seriam essas pessoas, se pacientes, acompanhantes&rdquo;</em>, afirmou.</span></div>

Comentários pelo Facebook: