Deputado quer criação do Boletim Escolar Eletrônico nas escolas públicas

admin -

<div style="text-align: justify;">
<span style="font-size:14px;">Na sess&atilde;o ordin&aacute;ria da &uacute;ltima ter&ccedil;a-feira, 13, o deputado Osires Damaso (DEM) apresentou e teve aprovadas, tr&ecirc;s proposituras. A institui&ccedil;&atilde;o do Boletim Escolar Eletr&ocirc;nico nas escolas da rede estadual de ensino est&aacute; entre as mais importantes, justamente porque estabelece mais praticidade aos pais e estudantes quanto &agrave; verifica&ccedil;&atilde;o das notas escolares ap&oacute;s a efetiva postagem das mesmas no hist&oacute;rico escolar. Mais uma ferramenta moderna que ampliar&aacute; a intera&ccedil;&atilde;o com as fam&iacute;lias, fundamental para potencializar a aprendizagem e o desenvolvimento das crian&ccedil;as e jovens do Estado.<br />
<br />
Os boletins ser&atilde;o acessados por meio da Secretaria Estadual de Educa&ccedil;&atilde;o, que disponibilizar&aacute; todos os dados necess&aacute;rios para seu efetivo funcionamento, de forma sucinta. Ser&aacute; apresentado no mesmo formato do boletim tradicional, com todas as mat&eacute;rias, notas e faltas em um determinado per&iacute;odo escolar.<br />
<br />
<u><strong>Projeto Deputado Universit&aacute;rio Tocantinense</strong></u><br />
<br />
Damaso solicitou, em regime de urg&ecirc;ncia, a realiza&ccedil;&atilde;o da Simula&ccedil;&atilde;o do Processo Legislativo para o Projeto Deputado Universit&aacute;rio Tocantinense, evento que acontecer&aacute; nos dias 29 e 30 de novembro, na Assembl&eacute;ia Legislativa, e que contar&aacute; com todo o apoio legislativo, bem como a estrutura f&iacute;sica da Casa de Leis.<br />
<br />
O Projeto ter&aacute; grande participa&ccedil;&atilde;o de acad&ecirc;micos de todas as &aacute;reas, de variadas institui&ccedil;&otilde;es de ensino universit&aacute;rio do Estado. Um dispositivo de inclus&atilde;o da juventude universit&aacute;ria no processo pol&iacute;tico.<br />
<br />
<strong><u>Atestado M&eacute;dico</u></strong><br />
<br />
A propositura estabelece normas e exig&ecirc;ncias para a apresenta&ccedil;&atilde;o do Atestado M&eacute;dico por parte dos alunos da rede p&uacute;blica estadual de ensino, para a pr&aacute;tica de qualquer atividade f&iacute;sica.<br />
<br />
Conforme a justificativa do requerimento, a educa&ccedil;&atilde;o f&iacute;sica desperta, desenvolve e aprimora as atividades f&iacute;sicas, morais, c&iacute;vicas, ps&iacute;quicas e sociais do aluno, bem como constitui um dos princ&iacute;pios b&aacute;sicos para a conquista das finalidades da Educa&ccedil;&atilde;o. Dessa forma, dever&atilde;o ser realizadas com o m&aacute;ximo de seguran&ccedil;a poss&iacute;vel, dentro dos princ&iacute;pios b&aacute;sicos como o bom senso, t&eacute;cnicas e a legisla&ccedil;&atilde;o que nos ampara.<br />
<br />
Vale lembrar a import&acirc;ncia da avalia&ccedil;&atilde;o m&eacute;dica para a pr&aacute;tica esportiva, tendo em vista que os problemas card&iacute;acos e respirat&oacute;rios s&oacute; se manifestam com as atividades f&iacute;sicas.&nbsp;</span></div>

Comentários pelo Facebook: