Seet
Sobral – 300×100

Kátia apresenta emenda de R$ 100 mi para construir Centro de Reabilitação em Araguaína

admin -

<div style="text-align: justify;">
<span style="font-size:14px;">A senadora K&aacute;tia Abreu participa na pr&oacute;xima segunda, 2, em Aragua&iacute;na, do lan&ccedil;amento do projeto de constru&ccedil;&atilde;o, busca de parcerias e viabiliza&ccedil;&atilde;o de recursos para a implanta&ccedil;&atilde;o do Centro de Reabilita&ccedil;&atilde;o e Readapta&ccedil;&atilde;o do Tocantins (CRER).<br />
<br />
O an&uacute;ncio ser&aacute; feito &agrave;s 9h no audit&oacute;rio da FIETO, com a presen&ccedil;a do prefeito Ronaldo Dimas e o superintendente do CRER – Centro de Reabilita&ccedil;&atilde;o e Readapta&ccedil;&atilde;o Doutor Henrique Santillo, de Goi&acirc;nia, S&eacute;rgio Daher.<br />
<br />
Segundo a senadora K&aacute;tia Abreu, o Centro de Reabilita&ccedil;&atilde;o e Readapta&ccedil;&atilde;o atender&aacute; os munic&iacute;pios de Aragua&iacute;na e regi&atilde;o, Sul do Par&aacute; e Maranh&atilde;o. Para tanto, a senadora K&aacute;tia Abreu apresentou uma emenda de bancada no valor de R$ 100 milh&otilde;es no Or&ccedil;amento Geral da Uni&atilde;o de 2014.<br />
<br />
<u><strong>Localiza&ccedil;&atilde;o</strong></u><br />
<br />
Para realizar o projeto, a senadora K&aacute;tia se reuniu com o Minist&eacute;rio da Sa&uacute;de e&nbsp; a Prefeitura de Aragua&iacute;na, que j&aacute; disponibilizou uma &aacute;rea para a constru&ccedil;&atilde;o deste complexo. <em>&ldquo;Ser&aacute; doada uma &aacute;rea de 50 mil metros quadrados nas proximidades de onde ser&aacute; constru&iacute;do o Ambulat&oacute;rio M&eacute;dico de Especialidades, vizinho ao <strong>Jardim das Flores</strong>&rdquo;</em>, adiantou Dimas, destacando a dedica&ccedil;&atilde;o de K&aacute;tia Abreu para a constru&ccedil;&atilde;o do hospital.<br />
<br />
<u><strong>Refer&ecirc;ncia&nbsp;</strong></u><br />
<br />
Segundo K&aacute;tia Abreu, &ldquo;o CRER &eacute; uma refer&ecirc;ncia para o Brasil, e a id&eacute;ia vem sendo amadurecida h&aacute; algum tempo&quot;. <em>&quot;O hospital tem como finalidade proporcionar tratamento a pessoas com defici&ecirc;ncia f&iacute;sica, auditiva, visual e intelectual via Sistema &Uacute;nico de Sa&uacute;de (SUS). A inten&ccedil;&atilde;o &eacute; atender as demandas de Aragua&iacute;na e cidades vizinhas, al&eacute;m de munic&iacute;pios do Sul do Par&aacute; e do Maranh&atilde;o&rdquo;</em>, explicou a senadora.<br />
<br />
O hospital deve seguir padr&otilde;es do CRER de Goi&acirc;nia, um dos tr&ecirc;s mais conceituados do Brasil na &aacute;rea de atua&ccedil;&atilde;o, junto com a Rede Sarah (Bras&iacute;lia) e a Associa&ccedil;&atilde;o de Assist&ecirc;ncia &agrave; Crian&ccedil;a Deficiente (AACD), com mais de 62 anos de atua&ccedil;&atilde;o em S&atilde;o Paulo, considerada entre as melhores do mundo. Atualmente, o complexo do CRER compreende a parte cl&iacute;nica e multiprofissional, al&eacute;m de possuir uma oficina de ortopedia, respons&aacute;vel pela confec&ccedil;&atilde;o de pr&oacute;teses. A entidade, que &eacute; filantr&oacute;pica, possui laborat&oacute;rios de equipamentos e diagn&oacute;sticos, um hospital com enfermagem, leitos e UTI.&nbsp;</span><br />
&nbsp;</div>

Comentários pelo Facebook: