Facebook te deixa mais gordo, pobre e malvado, diz estudo

admin -

<div style="text-align: justify;">
<span style="font-size:14px;">Um estudo resolveu mostrar toda a verdade por tr&aacute;s das fotos de gente rica, magra e boazinha postadas no Facebook.<br />
<br />
De acordo com um estudo da Universidade de Col&uacute;mbia e de Pittsburgh, a imagem positiva que surge a partir da p&aacute;gina faz com que o autocontrole das pessoas diminua.<br />
<br />
Uma das consequ&ecirc;ncias mais f&aacute;ceis de perceber &eacute; a agressividade.<br />
<br />
&quot;Quando voc&ecirc; se sente bem consigo mesmo, voc&ecirc; se sente no direito de fazer as coisas. E voc&ecirc; quer proteger aquela imagem melhorada, o que faz com que as pessoas reajam t&atilde;o fortemente &agrave;quelas que n&atilde;o concordam com suas opini&otilde;es&quot;, disse Keith Wilcox, um dos autores do estudo, ao &quot;Wall Street Journal&quot;.<br />
<br />
O estudo foi dividido em cinco partes e contou com 541 participantes e, tamb&eacute;m, chegou a desagrad&aacute;vel conclus&atilde;o que os usu&aacute;rios do &quot;face&quot; ficam mais gordas e pobres.<br />
<br />
Aqueles que passam mais tempo on-line e tinham muitos amigos na rede social tinham mais tend&ecirc;ncias de comer besteira e ter mais gordura no corpo, assim como mais d&iacute;vidas no cart&atilde;o de cr&eacute;dito.<br />
<br />
Outra parte do estudo mostrou que aqueles que passavam cinco minutos no Facebook, ficavam mais inclinados a comer biscoito do que uma barra de cereal.<br />
<br />
Al&eacute;m disso, os internautas mostravam mais pregui&ccedil;a na hora de resolver problemas matem&aacute;ticos e desistiam mais facilmente.<br />
<br />
O porta-voz do Facebook n&atilde;o quis comentar o assunto ao &quot;WSJ&quot;. <em>(Uol.com.br)</em></span></div>

Comentários pelo Facebook: