Na Europa, Siqueira Campos assina contrato no valor de US$ 168 milhões

admin -

<div style="text-align: justify;">
<span style="font-size:14px;">O Governador Siqueira Campos assinou na manh&atilde; desta segunda-feira, 19, em Londres (Inglaterra), contrato de financiamento com dois bancos internacionais que resultar&atilde;o em investimento de US$ 168 milh&otilde;es em obras de infraestrutura rodovi&aacute;ria no Estado do Tocantins. Conforme o contrato firmado com os bancos Bilbao Vizcaya Argentaria S.A. e Deutsche Bank, o empr&eacute;stimo &eacute; de US$ 143 milh&otilde;es, com US$ 25 milh&otilde;es de contrapartida do Estado.<br />
<br />
Durante a reuni&atilde;o que antecedeu a assinatura do contrato, Siqueira Campos discutiu com representantes de institui&ccedil;&otilde;es financeiras e investidores novas oportunidades de neg&oacute;cios no Estado, que poder&atilde;o resultar na obten&ccedil;&atilde;o de mais recursos para o Tocantins. Entre os exemplos est&atilde;o os projetos de fruticultura do Rio Formoso e Sampaio, entre outros. &ldquo;O Estado apoia a livre iniciativa e est&aacute; disposto a apoiar a&ccedil;&otilde;es que resultem no desenvolvimento do Tocantins e melhoria da condi&ccedil;&atilde;o de vida do nosso povo&rdquo;, disse o Governador no encontro. &ldquo;Apresentamos aos investidores, homens de neg&oacute;cio importantes de v&aacute;rios pa&iacute;ses, dados que apontam que o Estado, diferente de outros, n&atilde;o tem d&iacute;vidas com a Uni&atilde;o. Isso demonstra que nossa capacidade de receber investimentos &eacute; atrativa e, com certeza, vai possibilitar novos contratos, novos projetos e iniciativas para melhorar a vida do povo tocantinense&rdquo;, complementou.<br />
<br />
Para o Governador, esses investimentos s&oacute; s&atilde;o poss&iacute;veis gra&ccedil;as ao trabalho da atual gest&atilde;o de recuperar a credibilidade junto a organismos internacionais. &ldquo;Todos eles reconheceram que essa iniciativa foi fundamental. Esses investimentos s&atilde;o, de fato, o resultado do trabalho de resgate da credibilidade do Tocantins, que fizemos com muito esfor&ccedil;o. Pagamos o Banco Mundial e outras institui&ccedil;&otilde;es financeiras importantes e que ser&atilde;o parceiras do Tocantins na busca pelo desenvolvimento&rdquo;, declarou.<br />
<br />
<u><strong>Infraestrutura</strong></u><br />
<br />
Os recursos de US$ 168 milh&otilde;es do Projeto de Infraestrutura Rodovi&aacute;ria (PIER) concretizados nesta segunda-feira, em Londres, ser&atilde;o utilizados em obras de pavimenta&ccedil;&atilde;o de rodovias e na constru&ccedil;&atilde;o de 15 pontes, uma delas de grande porte, em Barra do Ouro, obra j&aacute; entregue &agrave; popula&ccedil;&atilde;o. Tamb&eacute;m foram conclu&iacute;dos os servi&ccedil;os na rodovia entre Santa Tereza e Ponte Alta. Em dezembro, ser&aacute; inaugurada a pavimenta&ccedil;&atilde;o entre Ponte Alta e Pindorama. Ao retornar ao Tocantins, ap&oacute;s a assinatura do contrato, o Governador assinar&aacute; ordens de servi&ccedil;o para pavimenta&ccedil;&atilde;o de 152 km do trecho de estrada entre Campos Lindos a Recursol&acirc;ndia; e os 42 km de asfalto entre Itacaj&aacute; e Itapiratins.<br />
<br />
A assinatura do contrato ocorreu na sede inglesa do escrit&oacute;rio de advocacia Chiomenti Studio Legale, no centro financeiro de Londres. Al&eacute;m do Governador, assinaram os representantes dos bancos Bilbao (Cristina Morbidelli) e Deustch (Ricardo Pocchio) e a procuradora da Fazenda Nacional, Ana L&uacute;cia Gatto de Oliveira, como representante da Uni&atilde;o, garantidora do neg&oacute;cio. O embaixador brasileiro em Londres, Roberto Jaguaribe, e o ministro-conselheiro da Embaixada do Brasil em Londres, Rodrigo de Azeredo Santos, prestigiaram a cerim&ocirc;nia. (Secom)</span></div>

Comentários pelo Facebook: