Sobral – 300×100
Seet

40 casos de microcefalia já foram registrados no Tocantins este ano

Redação AF -
Bebês

A Secretaria de Estado da Saúde do Tocantins (Sesau), já registrou um total de 40 casos de microcefalia somente neste ano de 2015 no Estado. A Sesau informou que está investigando os casos, mas não tem confirmação ainda se a malformação tenha sido causada pelo zika vírus.

De acordo com a Secretaria, os bebês nasceram em 21 cidades do Tocantins. São elas: Almas, Angico, Aragominas, Araguaína, Brejinho de Nazaré, Centenário, Colinas do Tocantins, Darcinópolis, Dianópolis, Divinópolis do Tocantins, Formoso do Araguaia, Goiatins, Lagoa do Tocantins, Natividade, Nova Olinda, Novo Acordo, Palmas, Porto Nacional, Santa Tereza do Tocantins, Tocantínia e Wanderlândia.

Mudança no critério

O governo federal mudou o critério para definição de casos de microcefalia. A decisão começou a valer ainda no início do mês de dezembro, Pernambuco, local com grandes índices de casos, e posteriormente foi estendido a todo o território nacional.

A mudança reduz de 33 para 32 centímetros o perímetro cefálico do bebê considerado portador da má-formação. Na prática, menos pacientes serão considerados como casos “suspeitos”.

Comentários pelo Facebook: