Seet
Sobral – 300×100

Mais de 80% dos aprovados na UFT são alunos da rede estadual

admin -

<div style="text-align: justify;">
<span style="font-size:14px;">O ingresso no ensino superior gratuito tem se tornado uma realidade cada vez mais pr&oacute;xima para os estudantes das escolas p&uacute;blicas do Tocantins, fruto da educa&ccedil;&atilde;o de qualidade ofertada no ensino m&eacute;dio pelo Governo do Estado. S&oacute; neste ano, 1.058 alunos das unidades de ensino estaduais foram aprovados no vestibular da Universidade Federal do Tocantins (UFT), o que representa 83% do total das aprova&ccedil;&otilde;es. Entre 2012 e 2013, conquistaram a vaga na UFT 2.691 educandos da rede estadual.<br />
<br />
<em>&ldquo;Isso &eacute; uma mostra de que as crian&ccedil;as e jovens das nossas escolas est&atilde;o aprendendo mais, tendo melhor desempenho nas avalia&ccedil;&otilde;es internas, externas e por consequ&ecirc;ncia tendo condi&ccedil;&otilde;es de passar nos vestibulares pelo Brasil afora inclusive em cursos concorridos, como medicina e direito. Tudo isso, &eacute; resultado da pol&iacute;tica educacional da atual gest&atilde;o que vem investindo n&atilde;o s&oacute; no pedag&oacute;gico, mas tamb&eacute;m na infraestrutura das unidades de ensino, na forma&ccedil;&atilde;o dos professores e nas tecnologias em sala de aula&rdquo;</em>, enfatiza o secret&aacute;rio de Estado da Educa&ccedil;&atilde;o e Cultura, professor Danilo Melo.<br />
<br />
Al&eacute;m dos aprovados na UFT, outros 736 educandos das unidades escolares estaduais passaram em vestibulares de outras universidades p&uacute;blicas e particulares do pa&iacute;s, em 2013. A maioria das aprova&ccedil;&otilde;es foi nos cursos de direito, 229, e enfermagem, 66.<br />
<br />
Dowglas Pereira de Oliveira, de 17 anos, aluno do Centro de Ensino M&eacute;dio Bom Jesus, de Gurupi, foi o primeiro colocado no vestibular de medicina da Universidade de Gurupi (Unirg). Ele sempre estudou em escolas p&uacute;blicas do TO, e atribui as conquistas &agrave; disciplina e &agrave;s horas dedicadas aos estudos. <em>&ldquo;Nunca frequentei cursinho pr&eacute;-vestibular, qualquer um que coloque metas concretas tem total condi&ccedil;&atilde;o de qualquer conquista, independendo de sua condi&ccedil;&atilde;o socioecon&ocirc;mica&rdquo;,</em> enfatiza Dowglas, que tamb&eacute;m foi aprovado em primeiro lugar para o curso de engenharia civil na Faculdade Cat&oacute;lica do Tocantins, e ainda poder&aacute; cursar matem&aacute;tica na UFT, ou enfermagem na Faculdade de Palmas. No Sistema de Avalia&ccedil;&atilde;o do Tocantins (Salto) 2013 ele atingiu a nota 9,5.<br />
<br />
<u><strong>Alunos da rede estadual aprovados na UFT</strong></u><br />
<br />
Campus de Aragua&iacute;na &ndash; 237<br />
<br />
Campus de Arraias &ndash; 82<br />
<br />
Campus de Gurupi &ndash; 146<br />
<br />
Campus de Miracema &ndash; 91<br />
<br />
Campus de Palmas &ndash; 246<br />
<br />
Campus de Porto Nacional &ndash; 169<br />
<br />
Campus de Tocantin&oacute;polis &ndash; 87</span></div>

Comentários pelo Facebook: