Seet
Sobral – 300×100

Projeto de Lei sugere que jovens estudem a Constituição nos ensinos fundamental e médio

admin -

<div style="text-align: justify;">
<span style="font-size:14px;">O deputado Rom&aacute;rio (PSB-RJ) apresentou nesta quinta-feira (12 de janeiro) o projeto de Lei 6954 de 2013, que inclui o estudo da Constitui&ccedil;&atilde;o Federal&nbsp;</span><span style="font-size:14px;">nos ensinos fundamental e m&eacute;dio</span><span style="font-size:14px;">. Pela proposta, a disciplina &ldquo;Constitucional&rdquo; deve formar um cidad&atilde;o consciente de seus&nbsp;direitos individuais e deveres sociais. A proposta altera a Lei de Diretrizes e Bases da Educa&ccedil;&atilde;o Nacional.<br />
<br />
Rom&aacute;rio argumenta que os jovens, ao completarem 16 anos e adquirirem o direito ao voto, devem estar preparados para participar ativamente da sociedade. <em>&ldquo;O objetivo deste projeto &eacute; expandir a no&ccedil;&atilde;o c&iacute;vica dos nossos estudantes, ensinando-lhes sobre seus direitos constitucionais, como cidad&atilde;o e futuro eleitor e, em contrapartida, aprenderem sobre seus deveres</em>&rdquo;, explica Rom&aacute;rio.<br />
<br />
O parlamentar tamb&eacute;m destaca que ap&oacute;s as manifesta&ccedil;&otilde;es de junho, quando milh&otilde;es de pessoas foram &agrave;s ruas protestar contra servi&ccedil;os p&uacute;blicos ruins e corrup&ccedil;&atilde;o, tornou-se necess&aacute;ria mais aten&ccedil;&atilde;o aos jovens. <em>&ldquo;Os estudantes devem ter uma base educacional s&oacute;lida para compreender a import&acirc;ncia de ser um cidad&atilde;o consciente e as consequ&ecirc;ncias geradas &agrave; gest&atilde;o p&uacute;blica ao escolher um candidato despreparado ou ficha suja&rdquo;</em>, argumenta o autor.</span></div>

Comentários pelo Facebook: