Sobral – 300×100
Seet

Mais de 4 mil servidores federais foram expulsos do serviço público, maioria por corrupção

admin -

<div style="text-align: justify;">
<span style="font-size:14px;">Relat&oacute;rio divulgado pela Controladoria-Geral da Uni&atilde;o (CGU) mostra que mais de 4 mil servidores p&uacute;blicos federais foram expulsos devido a acusa&ccedil;&otilde;es de irregularidades cometidas durante o per&iacute;odo em que exerceram suas fun&ccedil;&otilde;es. A principal causa &eacute; a corrup&ccedil;&atilde;o.<br />
<br />
De acordo com o relat&oacute;rio de puni&ccedil;&otilde;es divulgado pela CGU, de 2003 a 2013 foram aplicadas 4.577 penas contra servidores, como demiss&atilde;o, destitui&ccedil;&atilde;o ou cassa&ccedil;&atilde;o de aposentadoria. Segundo o levantamento, 3.078 servidores foram banidos do servi&ccedil;o p&uacute;blico por atos de corrup&ccedil;&atilde;o; 1.025 acumularam cargos ilegalmente, abandonaram o emprego ou n&atilde;o compareciam para trabalhar com frequ&ecirc;ncia. Os demais casos foram participa&ccedil;&atilde;o societ&aacute;ria em empresa privada e neglig&ecirc;ncia.<br />
<br />
Somente no ano passado, 529 funcion&aacute;rios p&uacute;blicos foram punidos, destes 429 servidores foram demitidos, 51 tiveram aposentadoria cassada e 49 perderam cargos em comiss&atilde;o. As puni&ccedil;&otilde;es administrativas no servi&ccedil;o p&uacute;blico podem ser advert&ecirc;ncia; suspens&atilde;o; demiss&atilde;o; cassa&ccedil;&atilde;o de aposentadoria e destitui&ccedil;&atilde;o de cargo em comiss&atilde;o ou de fun&ccedil;&atilde;o comissionada. (</span><span style="font-size: 14px;">Da Ag&ecirc;ncia Brasil)</span></div>

Comentários pelo Facebook: